Garanhuns, 14 de julho de 2007
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Corrida da Galinha faz paródia com Jogo Pan-americanos

As competições esportivas dos jogos Pan-americanos Rio 2007 não serão as únicas disputas de destaque no Brasil durante o mês de julho. Uma corrida inusitada e cheia de bom humor vai atrair a atenção dos atletas das torcidas para um município do Agreste pernambucano: a 10ª Corrida da Galinha, que acontece nos dias 27, 28 e 29 de julho, em São Bento do Una.

Este ano a Corrida usa como mote os jogos Pan-americanos e os organizadores da festa garantem que o revezamento da tocha vai passar pela cidade. Atualmente, a corrida é o principal evento do calendário turístico e cultural de São Bento do Una, que fica a apenas 55 km de Garanhuns e 204 km do Recife.

A competição é realizada no Galinhódromo (arena montada no centro da cidade) e atrai cerca de duas mil pessoas por prova. Para tentar se classificar no grid de largada, cerca de 600 competidores, entre pilotos, galos e galinhas, participam dos treinos oficiais. No último dia da festa (29 de julho) é realizada a competição final, com nove galos e nove galinhas na disputa pelo prêmio.

Para os competidores de última hora, foi criada uma locadora de aves treinadas, chamada de Rent a Chiken. Já para os pilotos e atletas de penas que se interessam por outras modalidades haverá competições paralelas ao evento. São elas: o concurso de fantasias de galinha "Penas, plumas e paetês", o "Canto do Galo", voltado para os bons de garganta e de imitação, o "Como o seu Frango", em que ganha o participante que devorar mais galetos no menor tempo e a "Revoada das Galinhas", onde os competidores correm atrás das galinhas de Angola soltas na praça principal da cidade.

A Corrida da Galinha foi criada em 1993, com o objetivo de dar uma maior visibilidade a São Bento do Una, já que o município é o maior produtor de aves de Pernambuco, com 35 a 40 milhões de ovos e quatro mil toneladas de carne de frango produzidas por mês.

REGRAS - Cada equipe só pode ser formada por uma galinha ou galo e um piloto, que não pode tocar na ave. Não é permitido contato com a tela de proteção ou jogar algum objeto na ave. Só é permitido tanger o animal até o final do percurso do Galinhódromo.

INSCRIÇÕES - Para participar da Corrida da Galinha basta comparecer ao Galinhódromo durante os treinos realizados nos dois primeiros dias do evento. Mas, para ser um dos 18 galos e galinhas do grid de largada, na competição final, é preciso atingir os melhores tempos.