Garanhuns, 30 de junho de 2007
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Mário Faustino defende avanços para Garanhuns

Mesmo sem mandato, o ex-vereador e empresário Mário Faustino tem procurado trabalhar por Garanhuns, preocupado com a estagnação econômica do município. Por isso ele tem se movimentado, conversando com as lideranças locais, elaborando projetos e contactando inclusive o governador do Estado, Eduardo Campos, a quem apresentou algumas reivindicações e sugestões voltadas para o desenvolvimento da cidade.

Uma das solicitações de Faustino é a ampliação do gasoduto da Coopergás até Garanhuns, já que a pelo projeto atual ele só chegará no próximo ano até Caruaru. "Depois irá para Belo Jardim, Pesqueira, Petrolina e mais uma vez poderemos ficar de fora", alerta o ex-vereador convencido de que cidades com o serviço de gás natural têm muito mais facilidade em atrair indústrias.

Ainda dentro dessa preocupação com a instalação de indústrias na cidade, Mário Faustino prega uma solução definitiva do problema do abastecimento d´água do município. "A Barragem do Cajueiro tem de ser feita, Garanhuns não pode se desenvolver sem água", afirma.

TELEFONES - Através de ofício à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Meio Ambiente, o ex-vereador solicitou a modificação no sistema de cobrança da tarifa telefônica na região do Agreste Meridional. Segundo ele, não faz sentido pagar interurbano nas ligações entre cidades próximas, como Garanhuns, São João, Caetés, Jupi e Lajedo, Calçado, Canhotinho, Paranatama e Angelim. "O certo era pagar ligação local, como funcionava o sistema antes da privatização", argumenta.

Outro pedido de Mário Faustino ao Governo do Estado foi a elaboração de um projeto de ampliação da Central de Abastecimento de Garanhuns, a CEAGA. "Nessa ampliação teríamos a construção de um ou dois galpões, câmara frigorífica, posto bancário, estacionamento e posto policial", complementou, alertando para o problema da insegurança da Ceaga atual.

O empresário e político, que sempre lutou pela construção da Barragem da Cajarana, no distrito de São Pedro, agora solicita ao Governo que leve água daquele reservatório aos sítios próximos, beneficiando a população rural. "Água suficiente para realizar essa obra sei que existe", salienta.

COHAB II - Um dos bairros de Garanhuns que mais preocupa Mário Faustino é o Conjunto Francisco Figueira, mais conhecido como Cohab II. Na sua opinião a área toda anda muita esquecida, precisando de diversas ações do Governo do Estado e da Prefeitura. "Eduardo Campos e Luiz Carlos poderiam deixar uma marca muito forte, calçando todas as ruas e fazendo o saneamento da Cohab II", prega o ex-parlamentar.

Ele sugeriu ao diretor da Gere, professor Paulo Lins, a construção de uma quadra coberta no Colégio Simoa Gomes e acha que essa luta pode ser levada à frente com o respaldo dos que fazem o PSB de Garanhuns e do próprio governador. "A Cohab não tem uma praça, uma única área de lazer, e isso é necessário para ocupar os jovens", ressalta.

Mário Faustino atualmente está filiado ao PDT e apoiou a candidatura de Eduardo Campos nos dois turnos da eleição. Ele já conversou com Dr. Alcindo, Audálio Ramos, Ivan Rodrigues e outras lideranças socialistas e admite futuramente trocar o Partido Democrático Trabalhista pelo PSB.

Com relação a eleição de prefeito de Garanhuns, em 2008, Mário Faustino é pragmático e procura ser coerente com sua posição no pleito passado. "Meu candidato a prefeito é o do governador", revela o ex-vereador pregando a união dos políticos em torno de ações e obras para o município.

"Veja que toda cidade de porte médio já tem uma ambulância do SAMU. Já foi pra todo canto e não chegou em Garanhuns. Precisamos lutar por isso também", exemplifica. Faustino, mesmo tem ter muita aproximação com o prefeito Luiz Carlos de Oliveira, deixa claro que apóia a proposta de duplicação da BR-423, que a seu ver pode colaborar muito com o desenvolvimento do município.