Garanhuns, 16 de junho de 2007
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

PM prende estelionatário em Capoeiras

Fernando Rodolfo


A Polícia Militar conseguiu prender em Capoeiras, a 24 km de Garanhuns, um estelionatário que vinha sendo procurado pela Justiça há cerca de dois anos. Jean Carlos da Silva, 31, estava aplicando golpes em várias escolas do interior do estado, se apresentando nos estabelecimentos como coordenador de um projeto cultural chamado de "Arte Viva" e prometia levar companhias de dança e teatro às referidas escolas, mediante um pagamento antecipado. Jean foi preso quando tentava aplicar o "golpe do teatro" na escola municipal de Capoeiras. A diretora da unidade de ensino desconfiou da proposta e acionou a PM, que deu voz de prisão a Jean enquanto ele fazia um lanche no centro da cidade.

Na delegacia, o rapaz confessou ter aplicado golpes em várias escolas e forneceu detalhes sobre como agia. Além de enganar professores, Jean ludibriou comerciantes e prefeitos da região. Segundo ele, o golpe também foi aplicado nos municípios de Serra Talhada, Tabira, Floresta, Cabrobó, Salgueiro, Bezerros, Gravatá, Garanhuns, Angelim, Jupi, Vitória de Santo Antão, Bom Conselho, e em outras cidades pernambucanas que não lembra, além de ter passado pelos estados da Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte e Ceará. Na delegacia, ele admitiu cobrar cerca de R 50 reais em cada golpe, no entanto, a polícia ainda está investigando a veracidade da informação.

Jean Carlos reside no bairro do Pina na capital e chegou a estudar durante um ano na Faculdade de Artes Cênicas do Recife. "Eu entrei nessa porque surtei há uns cinco anos, mas o dinheiro que eu conseguia só dava mesmo pra eu me manter", revelou. O estelionatário sempre dizia às suas vítimas que mantinha uma parceria com uma empresa do ramo de perfumaria e cabia a esta, fazer a divulgação do serviço nos meios de comunicação. "Eu nunca fui nessa empresa", confessa. Ele responde a vários processos por estelionato e tinha três mandados de prisão expedidos em seu nome. Agora, Jean Carlos da Silva vai aguardar julgamento na cadeia pública de Garanhuns.

ESCOLAS EM GARANHUNS QUE FORAM ALVO DOS GOLPES DO ESTELIONATÁRIO

1) Escola Monteiro Lobato
Rua Capitão Pedro Rodrigues, 709, Magano

2) Escola Salto para o Futuro
Rua Coronel Antônio Souto, 542, Brasília

3) Escola Santa Terezinha
Rua Luiz Pereira Júnior, 164, Brasília

4) Colégio Diocesano
Centro

5) Colégio Santa Sofia
Centro

6) Colégio Monsenhor Adelmar (CMA)
Av. Júlio Brasileiro

7) Escola Dom Expedito Lopes
Rua Júlio de Melo, 112, Centro

8) Escola Santa Luzia
Rua Antônio Cesário Brasileiro, Aloízio Pinto

9) Educandário Maria Moura, Rua Belém, 94, Aloízio Pinto

10) Educandário São Sebastião,
Rua Ismael Tinô e Silva, ao lado do nº 744, Aloízio Pinto

11) Educandário José de Alencar,
Rua Ismael Tinô e Silva, 45, Aloízio Pinto

12) Educandário José Rodrigues
Rua Ismael Tinô e Silva, ao lado do nº 30, Aloízio Pinto

13) Escola Avançar
Av. Euclides Dourado, 353, Heliópolis

14) Educandário Nossa Senhora de Fátima
Rua José Ferreira Leal, 45, Heliópolis

15) Educandário Sagrada Família
Rua Santa Quitéria,ao lado do nº 800, Heliópolis

16) Educandário Maria Cristina
Av. Duque de Caxias, 445, Heliópolis

17) Educandário Novo Heliópolis
Rua Ebenezer Furtado Gueiros, 275, Heliópolis

18) Educandário Walt Disney
Rua Sebastião Pacheco, ao lado do nº 256

19) Centro Educacional Jardim do Édem
Rua Mario covas,Cohab1

20) Instituto Alfa
Rua Tenente Nelson Paes de Macêdo

21) Educandário Padre Cícero
Rua Santa Quitéria, ao lado do nº 662

OBSERVAÇÕES:
> Escolas em Capoeiras e Angelim também foram alvos do golpe deste Estelionatário,
podendo ter mais Escolas que não foram identificadas pela PM.