Garanhuns, 19 de maio de 2007
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Desemprego e violência são os principais problemas

Houve um tempo em que a principal preocupação dos moradores de Garanhuns era a falta do calçamento de ruas. Muitos reclamavam também da ausência de saneamento. Hoje, segundo a pesquisa do Contexto, o desemprego e a violência são disparado os principais problemas da cidade. De acordo com o levantamento do Instituto, realizado no início da segunda semana de maio, 42,52% das pessoas consideram que a falta de empregos é o maior problema a ser enfrentado no município. Outros 24,13% elegeram a violência como a maior preocuupação.

A falta de água nas torneiras também foi registrada como uma questão séria no município, tanto que 11,50% dos entrevistados se referiram a esse como o item mais preocupante da cidade. A ausência de saneamento ficou em quarto lugar, dentre os problemas, com 6,70% das citações. O presídio feminino foi apontado por 2,29% dos moradores como uma questão a ser resolvida, assim como a precariedade os postos de saúde, citados pelo mesmo percentual de entrevistados.

Como nos últimos tempos tem havido no município um incremento da violência, com aumento no número de assaltos a residências, roubos de carros e homicídios, o Instituto Contexto procurou saber também as causas dessas questões, segundo a opinião dos moradores. Para 42,52% dos entrevistados o desemprego é o principal fator a impulsionar a criminalidade, 32,18% culpam a falta de policiamento e e 16,90 responsabilizam o presídio feminino pela onda de violência.