Garanhuns, 5 de maio de 2007
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Titular da Regional sugere local para a delegacia da mulher

Cresce a movimentação pela implantação da delegacia da mulher em Garanhuns. Depois do discurso do deputado estadual Izaías Régis na Assembléia Legislativa, defendendo a instalação da DP especializada, o próprio delegado regional do município, Ernani Francisco, se posicionou favorável ao pleito, chegando a sugerir o local em que funcionaria o novo posto de policiamento.

"A delegacia da mulher poderia funcionar aqui, no prédio da Regional", disse Ernani Francisco, explicando que o imóvel ficará desocupado por conta da transferência dos serviços da especializada para o antigo fórum, na Avenida Dantas Barreto. Na opinião do policial, as mulheres precisam ser protegidas e por isso necessitam de um local para serem recebidas e prestarem suas queixas.

O delegado regional de Garanhuns reconhece o problema da violência contra a mulher e argumenta que estas não podem ficar à vontade numa delegacia comum, muitas vezes frente à frente com seus maridos ou companheiros, que geralmente são os agressores. Segundo ele, na situação atual os filhos é que são penalizados e isso não pode acontecer.

GOVERNADOR - A ex-diretora de Cultura do município, Valdéria Santana, que está engajada na luta pela instalação da delegacia da mulher em Garanhuns, revelou que na próxima semana vai participar de um encontro, no Recife, que terá a presença do governador do Estado, Eduardo Campos. Ela disse que pretende aproveitar a oportunidade para saber do socialista se já tem uma resposta ao pleito que lhe foi apresentado, quando da última visita à cidade, pedindo a criação da delegacia especializada no município.

Valdéria ressaltou que a questão da violência na cidade é muito séria, especificamente àquela praticada contra a mulher. "Garanhuns é uma cidade pólo e que há muito tempo necessita da instalação da delegacia da mulher", observou a ex-diretora de Cultura, atualmente trabalhando na Prefeitura de Quipapá.