Garanhuns, 21 de abril de 2007
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CULTURA
 

Sesc reabre a galeria de artes com exposição Na Própria Carne

Um diálogo entre poderes; o esforço coletivo de uma sobrevivência diária, onde a única coisa é o conceito de massa aplicado dentro da vivência pessoal de cada um. A postura desta mostra é não ser efêmero, mais sim realista em seus princípios, "NA PRÓPRIA CARNE antes de tudo é uma tentativa de elaborar um documento plástico sobre a realidade de cada cidadão, pois a mostra não foi, apenas, construída para ser observada, mais sim para se fazer observar. O contexto e a narrativa se constroem dentro do próprio cidadão e suas necessidades existenciais como membros de uma comunidade racional, retratando em diversas camadas a conduta de abandono da sociedade pelo indivíduo como único, e a proliferação de uma conduta de leitura em massa, onde os anseios e necessidades pessoais são esquecidos.

Conduzindo o cidadão a uma solitária migração em busca de seu direito de existir como pessoa singular, "NA PRÓPRIA CARNE" não vem para sanar as perguntas do conviver social, mais sim para erguer tópicos de novos ou velhos valores pessoais.

Creio que a grande pergunta que fica no ar seja a seguinte, "Onde as novas gerações terão que acertar para que mostras como essa não encontrem mais motivos de existir.

Atuando como artista plástico há cerca de oito anos, F. Rafael têm-se destacado gradativamente na cena artística pernambucana, seja quando participa de salões de arte alternativos, quando expõe em conceituados espaços culturais e galerias ou quando participa de eventos do circuito maistream de arquitetura e decoração. Esse destaque é resultado, além da qualidade técnica e estilística do artista, da forma plural como ele circula em diferentes meios artísticos consolidados ou do circuito alternativo.

A galeria de artes ficará aberta das 9h às 22h, de segunda a sexta, para atender a classe estudantil, professores e o público em geral , com a EXPOSIÇÃO NA PRÓPRIA CARNE, até o dia 25 de maio. As visitas são monitoradas, é só agendar.