Garanhuns, 1º de outubro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Armando Monteiro responde perguntas em programa do PTB

Foi ao ar, na noite da última segunda-feira (26/09), o programa regional de TV do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Em seus 20 minutos de duração, o filme destacou a atuação do presidente estadual da legenda, o deputado federal Armando Monteiro Neto, nos âmbitos parlamentar e na presidência da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

No vídeo, o deputado dialogou diretamente com representantes de vários segmentos da população em uma arena montada em estúdio. Ele respondeu aos questionamentos e expôs suas idéias sobre uma série de temas relacionados à segurança pública, aos jovens e à mulher. Também foram mostradas ações desenvolvidas por Armando Neto em áreas como as de alfabetização e capacitação profissional.

Ao responder uma pergunta de uma dona-de-casa sobre o alto índice de violência no Estado, o deputado ressaltou que as atuais ações do Governo do Estado são insuficientes. "Investir na segurança não é só comprar viaturas e aumentar o contingente de policiais", criticou.

Outro assunto que também ocupou espaço no programa foi a chamada Agenda Mínima para a Governabilidade. Trata-se de um conjunto de propostas do setor produtivo para promover o desenvolvimento e evitar que a crise política paralise o País. Dentro da agenda mínima, o foco principal é a questão das micro e pequenas empresas. O deputado Armando Monteiro defendeu que em Pernambuco poderiam ser gerados milhares de novos empregos se o estado dispensasse um tratamento mais adequado ao setor.
ATO DE FILIAÇÃO - O programa destacou ainda a atuação dos parlamentares que compõem o partido e as novas filiações, incluindo o grande ato promovido no último dia 18 na sede da Assembléia Legislativa de Pernambuco, que reuniu quatro pré-candidatos ao Governo do Estado: Armando Monteiro Neto (PTB), Eduardo Campos (PSB), João Paulo (PT) e Humberto Costa (PT).

Ao todo, mais de 500 pessoas aderiram ao PTB neste ato, entre elas, os prefeitos de Santa Cruz do Capibaribe, José Augusto Maia (ex-PMDB), de Mirandiba, João Batista (ex-PSDB), de Solidão, Diomésio Alves (ex-PMDB), de Capoeiras, Maurício Rodolfo Tenório (ex-PFL) e de Bom Conselho, Audálio Ferreira (ex-PL). Além deles, os deputados estaduais Marcantonio Dourado e Antônio Figueroa, três vice-prefeitos e mais de 40 vereadores preencheram suas fichas de adesão à legenda. Importantes representantes do setor empresarial também reforçaram os quadros do partido. É o caso do presidente da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), Jorge Côrte Real.

O crescimento do PTB a partir dessas novas filiações o transformou na segunda maior bancada da Assembléia Legislativa, agora com sete parlamentares. A convenção colocou o nome do deputado Armando Monteiro Neto como grande opção das oposições numa candidatura ao Governo do Estado. "Se eu puder ser merecedor da confiança desse futuro político para Pernambuco, então, eu estarei disposto a aceitar esse compromisso", afirmou Armando Monteiro.