Garanhuns, 1º de outubro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

SAUDADES DO DIOCESANO

Danilo Alves de Moraes


"Alto padrão de civismo e de glória... Tempo sagrado de luz e saber..." Todos os dias cantávamos o Hino do Colégio e o Hino Nacional Brasileiro, com a antecedência sábia e bem abordada dos mais diversos temas proferidos pelo monsenhor Adelmar da Mota Valença, símbolo de justiça, liderança, honestidade e fé. Todos nós que tivemos a oportunidade de receber os ensinamentos do corpo docente do "Querido Lar..." Jamais poderemos esquecer e agradecer pelo que somos hoje. Foram lições de ciência e fé, que carrego para sempre, ao longo dos meus dias bem vividos. Tenho saudades não somente daquele diretor de pulso e de memória incontestável, mas de todos que participaram da construção do meu futuro, como os professores Reinaldo Barros, Pedro Ribeiro, Valderedo Veras, José Ferreira, Maria José Ferreira, Maria José Miranda, Almira Valença, Alzira, Izaura, Lenice, Elisabete Miranda e minha saudosa tia Maria de Lourdes Moraes. Parabéns para todos que fazem hoje o Colégio Diocesano de Garanhuns, na pessoa do professor Albérico, meu contemporâneo e parabéns para o Brasil, que tem um colégio como este!


Danilo Alves de Moraes - Agente de Desenvolvimento do BNB