Garanhuns, 3 de setembro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

Homenagem a Luciano Zacarias

José Rodrigues


Dedicamos esta crônica ao empresário José Luciano de oliveira, pelos seus serviços prestados a Garanhuns e a sua gente. José Luciano, também conhecido como Luciano Zacarias é filho do também comerciante João Zacarias de Oliveira e sua esposa Júlia Alves de Oliveira (ambos falecidos). Menino ainda, Luciano ingressou na vida comercial em companhia de eu pai, e graças a sua competência em pouco tempo já aparecia no comércio local como um empresário vitorioso.

Agigantou-se nesta praça à frente da cadeia de supermercados Dular. Pretendendo mudar de ramo arrendou suas lojas ao grupo Bonanza da cidade de Caruaru. Dedicando-se em seguida a indústria de torrefação de café Ouro Verde. Graças à sua capacidade ampliou o negócio que, hoje, é uma das mais importantes de gênero de café do estado de Pernambuco. Luciano é um comerciante bem sucedido, mas, carrega consigo a alma de um homem simples e colaborador de tudo que sirva para promover Garanhuns. É um autêntico desportista, e graças a sua capacidade chegou a ser presidente da AGA por diversas vezes. Faz parte do quadro de sócios do Rotary Club de Garanhuns, há mais de 30 anos. Diante de tudo quanto fez por esta cidade, tornou-se credor da muito justa homenagem que lhe foi conferida pelo Exército Brasileiro. A medalha do pacificador. Medalha do pacificador. Medalha esta, que em nossa cidade poucas pessoas são detentoras. Entre estas destacamos os ex-prefeitos Ivo Amaral, Amílcar Valença, jornalista Ulisses Pinto o saudoso e inesquecível Monsenhor Adelmar da Mota Valença. Nós que escrevemos esta crônica aproveitamos a oportunidade para levar ao Luciano os nossos agradecimentos por tudo quanto fez por Garanhuns e sua gente. Parabéns Luciano.