Garanhuns, 3 de setembro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

Mar de lama em Caetés

Rafael Brasil


Assim como várias cidades do agreste e parte da zona da mata, Caetés destaca-se pela desenfreada corrupção. Todos que vivemos por aqui, sabemos da evolução patrimonial não só do prefeito, autodenominado "Zé da luz", mas de toda a sua família e agregados. E, convenhamos não são poucas pessoas, talvez umas quarenta, ou cinqüenta. Enquanto na república petista pipocam os escândalos do chamado mensalão, por aqui, viajam os já conhecidos envelopes pardos, para os mais variados endereços. As quantias, evidentemente, dependem do valor do eleitor em questão. Tem envelopes de cinqüenta reais, de cem e outras quantias, as mais variadas possíveis. Alguns encarregados do prefeito saem, não só na sede do município, mas sobretudo na miserável zona rural, a distribiuir os envelopes "premiados", nas madrugadas, para os eleitores fiéis. E haja fidelidade...

Como o ilustre prefeito não mora na cidade, quando aparece, sempre conta com um grande séqüito de acompanhantes, ansiosos para levar alguma graninha para casa. E ele vem sempre de bolsos cheios, distribuindo notas de cinco, dez e até cinqüenta reais, para os pobres eleitores, sequiosos de uns trocados. Dizem que ele mora lá pras bandas do Recife, mas ninguém sabe seu novo endereço, que, dizem, guarda a sete chaves, pois não quer ser incomodado pela gentalha. Dizem também que ele comprou uma cobertura no bairro do espinheiro, e pegaria mal ver a gente pobre de Caetés a procurá-lo, em meio a vizinhança tão nobre. Não só o ilustre prefeito anda em carros importados, mas também seus dois filhos, aliás, o filho é vice prefeito, e a filha é tesoureira. O primeiro tem um Honda civic, e a segunda, mais modesta, tem um eco sport. Sim, ele também adquiriu um trio elétrico, para animar suas campanhas, pois como vemos, trata-se de uma família bastante animada. Isto sem contar com os numerosos irmãos e irmãs, mais modestos pois moram, geralmente em imóveis recém adquiridos na simpática e pobre Caetés. E todos, evidentemente, dão suas mordidinhas, afinal a viúva sempre garante. E como!

Desde seu primeiro mandato que este ilustre cidadão teve suas contas rejeitadas pelo tribunal de contas do estado, porém, com as brechas e a venalidade da justiça, sempre saiu incólume. Agora pinta na imprensa a tremenda roubalheira, sobretudo na secretaria de educação. Segundo a imprensa, o rombo chega a aproximadamente dois milhões. Segundo fontes extra-oficiais, seria muito mais. Logo depois da polícia federal juntamente com o ministério público estadual, TCU E TCE, apreenderem parte da roubalheira através dos computadores dos mais diversos órgãos da prefeitura, assim nem tanto por milagre, a merenda começou a aparecer na mesa dos pobres meninos da zona rural, que, muitas vezes apenas tinham direito a meio copo de iogurte e duas bolachas. É isso mesmo, leitores! Estão luxando com o dinheiro da merenda escolar do município que tem o segundo pior índice de desenvolvimento humano de Pernambuco. Sob a bandeira do PT, na terra de Lula, estão comprando apartamentos e carros de luxo com o dinheiro destinado a aplacar a fome de milhares de criancinhas, de um dos municípios mais pobres do nosso já miserável nordeste. Será que essas pessoas não tem um pingo de remorso por isso? Nem pensar...pois é quase proibido falar no assunto na cidade.

Se na sua cidade estas coisas também estão acontecendo, sejam cidadãos, falem gritem, pois estão matando as nossas criancinhas, com estas roubalheiras das mais abjetas, tirando de quem já não tem nada. Apenas suas tênues vidinhas que se esvaem na poeira da nossa triste história de corrupção e desmandos mil. Claro, nem só os familiares do prefeito são beneficiados, mas sobretudo os que fazem parte destas quadrilhas, que aliás não são poucos. Aonde está a igreja, e os meios de comunicação da região que pouco falam do assunto? E olhem que o digníssimo prefeito quer ser candidato a prefeito de Garanhuns, ora vejam... Garanhuenses, prestem atenção com esses demagogos e corruptos. Eles querem lhes roubar a carteira, ou melhor, tirar o leite das suas criancinhas pobres. Não se deixem enganar. E saibam que a corrupção por essas bandas é bem maior e mais ampla do que sabemos. Será que essas pessoas não se envergonham? Com a palavra o PT regional e estadual, que, preocupados com a corrupção em níveis internacional e nacional, nem se lembram mais dos grotões. Sobretudo os administrados pelo PT, que, sinceramente, com exceção do de Caetés eu pensava que eram éticos e honestos. Como somos ingênuos, não é?