Garanhuns, 3 de setembro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Lajedo ganha prêmio por projetos na área de Educação

A prefeitura de Lajedo foi premiada no último dia 19 com materiais escolares da Faber Castell, em virtude dos Programas de Alfabetização e correção de distorção de idade e série, "Se Liga Pernambuco" e "Acelera Brasil", promovidos pela Secretaria de Educação do Município. Esses programas tiveram 100% de rendimento em 2004 na cidade de Lajedo. A doação ao município foi feita através do Instituto Ayrton Senna que é o mantenedor dos dois programas. O Instituto em parceria com diversas empresas todo ano premia as cidades que se sobressaem. "Queremos manter a posição que alcançamos e receber os prêmios outras vezes. Nossa meta agora é atender novos alunos", comentou Maria Emília, Secretaria de Educação de Lajedo.

Mensalmente a Secretaria de Educação faz um relatório individual dos alunos dos projetos em que é avaliada a aprendizagem. Após isso é preparado um relatório de rendimento do município que deve ser enviado para a Gerência Regional de Educação (GERE). Esses relatórios são analisados e avalia-se o rendimento dos programas nos municípios. Lajedo foi a única cidade no Agreste Meridional a receber a premiação. E é a primeira vez que ela é premiada. Os projetos funcionam da seguinte maneira:

Programa SE LIGA PERNAMBUCO: tem o objetivo de corrigir a distorção de idade e série dos alunos com défict nas competências de leitura e escrita na séries do ensino fundamental; atende 209 alunos.

Projeto ACELERA BRASIL: atende 155 alunos com o objetivo de Corrigir a distorção da idade e série dos alunos alfabetizados do ensino fundamental.

Foram doados à prefeitura 364 kits com material escolar. A quantidade entregue está de acordo com o número de alunos atendidos nos programas. A entrega aconteceu na manhã do dia 19, na Secretaria de Educação.

No dia 22, os materiais foram entregues ao alunado, na escola Padre Antônio Barbosa. A distribuição foi feita pelo prefeito Rômulo Maia Nunes, que confessou estar extremamente feliz por ajudandar os lajedenses com "educação e cidadania". Disse ainda que só com instimentos na educação se pode acabar com os problemas que existem no Brasil. (Com a colaboração da C&M - Comunicação e Marketing).