Garanhuns, 16 de julho de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Izaías pede pelas comunidades

Eleito deputado estadual com mais de 43 mil votos, em 2002, Izaías Régis tem tido uma atuação destacada na Assembléia Legislativa, com reconhecimento inclusive da imprensa da capital. O parlamentar tem atuado com a preocupação de defender as comunidades pobres do Agreste, levantando sua voz em favor dos moradores da periferia de Garanhuns e de outras cidades do Agreste como Caetés, Brejão, Capoeiras, Angelim, Iati, Correntes, Terezinha, Bom Conselho, São João, Jupi e muitos outros municípios.

Na Suíça Pernambucana, onde obteve mais de 20 mil votos na eleição passada, Izaías atua através dos centros de saúde Armando Monteiro, do Centro de Artes, das cursos supletivos, quanto mantendo um contato permanente com os moradores da cidade. Além disso, o deputado tem lutado com firmeza pela melhoria do atendimento no hospital Dom Moura e denunciado o crescimento da violência no município e região. Até mesmo questões aparentemente simples, como a falta de água no Sítio Massaranduba, não passam despercebidas ao parlamentar, que reivindicou recentemente ao Governo do Estado a implantação de uma estação elevatória que sirva aos moradores daquela localidade de Garanhuns.

Para o Agreste Meridional, Izaías Régis tem reivindicado escolas, melhorias na saúde e no sistema de segurança pública, eletrificação rural, quadras poliesportivas e inúmeras benfeitorias que as vezes o governo parece não querer atender, simplemente porque o deputado é de oposição. Mas o parlamentar insiste, como quando pediu ao secretário de Produção Rural, Ricardo Rodrigues, que disponibilize alguns hectares da propriedade do Governo do Estado, em Brejão, para instalação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-Embrapa naquele município.

Com o forte apoio de Armando Monteiro, o representante petebista continuará sua luta pelo povo de Garanhuns e região. E dentro de pouco tempo entregará à comunidade local a escola do Senai, que possibilitará a formação profissional de nossa gente, sendo tão importante para o município quanto à universidade, que aliás foi uma luta também de Izaías. (I.P.).