Garanhuns, 2 de julho de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

REPÓRTER DA CIDADE

Marcos Cardoso


CADÊ O SÃO JOÃO? - Quando assumiu a prefeitura, o prefeito Luiz Carlos de Oliveira prometeu resgatar, já a partir deste ano, o São João de Garanhuns. A não ser as fogueiras nas residências, não se viu nada que lembrasse que era São João em Garanhuns. Quem sabe, no próximo ano.


NATAL DOS SONHOS - Mais uma vez, o Natal dos Sonhos deve enfrentar dificuldades em receber investimentos do comércio local. Empresários locais já disseram ao prefeito Luiz Carlos que as vacas continuam magras. Mesmo assim, a festa vai acontecer, com investimentos dos governos municipal e estadual.


ALMIR E LUIZ - Voltam a circular rumores de que o relacionamento entre o prefeito Luiz Carlos de Oliveira e seu vice, Almir Penaforte, piora a cada dia. Há quem diga que logo após o Festival de Inverno, ocorram mudanças no secretariado por conta das divergências.


PREÇOS NO FESTIVAL - É bom pedir que os donos de restaurantes, bares, lanchonetes, hotéis e até mesmo os vendedores ambulantes não exagerem nos preços durante o Festival de Inverno. Só pra lembrar, no ano passado um saquinho de pipoca chegou a custar R$ 2,00. Um verdadeiro assalto.


BANHEIROS - Espera-se que durante o Festival de Inverno, a prefeitura não tenha a brilhante idéia de instalar sanitários bem em frente ao painel do Espaço Cultural Luís Jardim, como ocorreu nos festejos de Santo Antonio. O estrago está lá para todo mundo ver.


BURACOS - O Festival de Inverno está chegando e muitas ruas de Garanhuns estão esburacadas. A Prefeitura promete tapar tudo, assim que a chuva der uma trégua. Em termos de limpeza pública, a secretaria de serviços públicos diz que até terça-feira, dia 05, a cidade vai estar um brinco.


SANGUE NO FESTIVAL - O Hemocentro Garanhuns, O SENAC e a SERVI-TAXI, estão unidos na campanha de doação de sangue, visando atender os hospitais durante o Festival de Inverno. De 04 a 08 de julho, bastará ligar para o fone 3762-2422, que um táxi irá pega-lo em casa, o levará para fazer a doação e depois o trará de volta para casa. No mesmo período, alunas de enfermagem do SENAC estarão nos cruzamentos dos semáforos, conscientizando a população para a importância da doação de sangue.


SUPERMERCADOS - A prefeitura de Salvador está querendo fazer valer também para os supermercados, a lei que diz que nenhum cliente pode levar mais de 15 minutos para ser atendido em uma agência bancária. Em Salvador, como aqui em Garanhuns, os supermercados não têm embaladores, o que faz com que o consumidor demore muito tempo para fazer suas compras. É uma boa idéia, que a prefeitura daqui poderia aproveitar.