Garanhuns, 2 de julho de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

As rugas

Dorvalina Maciel


Para viver,
Temos que sofrer. Temos?
Para viver,
Temos que da vida alegrias sorver.
Vivendo cada instante,
E lamentando cada instante não vivido.

E como Dorian Gray,
Trazemos conosco,
A vontade de não envelhecer,
E a vida intensamente viver.

E colher
O que de melhor nos aprouver,
Sabendo que suas marcas,
Foram sentimentos vividos intensamente,
Prazerosamente, incomensuravelmente...

As rugas denotam dos anos,
O que nos mostra a viva,
Os sofrimentos, amargurados pela dor, (ou prazer?).