Garanhuns, 18 de junho de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

Estado de farol

Fabrizzia Melo


Às vezes é necessário diluir-se pra de novo
homogeneizar-se:
a pele não se suja mas a alma é manchada.
Pra que esperar se a capacidade de agir é
faculdade pré-verbal ?
Impulsividade, Passionalidade e Calculismo
são virtudes de grandes
Virtuoses sanguíneas.
Veludo acaricia ou enluva:
facilita as aprendizagens táteis.
Insensatamente me olha :
Dilui tuas palavras em minha carne
e me morde.
Sabes como sou ?
Todas e tudo, menos coração.
Lambo teu suor me enojando dos teus atos,
mas
CERTEZA
é palavra feminina em sudorese nos meus poros...
Se sonho ? Sonho. Muito e Ainda
sorvendo em rápidos goles a
Visão das Palavras.
E choro. Lágrimas Pares. Vítreas imagens.
Mas também sei tardes, mares, lugares...
Você plural me incomoda, mas não sei se
quero realinhar a singularidade...
Sorvo agora em rápidos goles a
Visão dos Sons,
transmutando-me em bicho de
Gozosas Vibrações...