Garanhuns, 4 de junho de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

São Bento
Prefeitura usa 26 tratores na assistência ao agricultor
município envia soldados para missão de paz no Haiti

Centenas de agricultores de São Bento do Una foram beneficiados pelo programa de aração de terra deste município, iniciado antes mesmo do período de chuvas, que hoje atinge todo o Agreste Meridional e a região do Vale do Ipojuca. Segundo o secretário de Produção Rural de São Bento, Paulo Renato, a prefeitura usou 26 tratores no trabalho realizado, beneficiando aproximadamente 2.000 agricultores e seus familiares.

O Governo Municipal de São Bento arou um total de 2.300 hectares de terra e distribuiu 11.300 km de sementes deixando os agricultores animados para colher uma boa safra este ano. "Com as chuvas que estão caindo todos estão bastante otimistas de que poderemos ter uma safra recorde", disse Paulo Renato, assegurando que nunca se tinha feito no município um programa de aração de terras do porte do realizado neste início da administração de padre Aldo.

O secretário reafirma que a perspectiva é boa, mas pondera que mesmo se o pior acontecer, caso as chuvas não persistam, muitos agricultores não sofrerão com os prejuízos, por conta do seguro denominado "Garantia Safra". Esse programa cadastrou em São Bento do Una 874 pessoas. "Como as chuvas estão vindo, acredito que os trabalhadores do campo nem irão precisar do seguro", observa Renato.

VACINAÇÃO - Animado com o trabalho realizado na zona rural de São Bento do Una, o secretário de Produção Rural comemora também o sucesso da campanha de vacinação contra febre aftosa realizada no município. Ele diz que foram vacinados gratuitamente 15 mil bois ou vacas de produtores com até 20 animais, beneficiando mais de mil pequenos e médios pecuaristas. Além disso, graças ao trabalho de conscientização que foi feito, o número total de vacinas aplicadas ultrapassou os 50 mil, marca nunca atingida na história de São Bento. Nesse total aí, estão computados os produtores que possuem mais de 20 animais e que protegeram os seus bens com recursos próprios.

Da campanha de vacinação participaram diretamente o prefeito padre Aldo, o vice-prefeito José Almeida, o secretário Paulo Renato e oito vacinadores recrutados pelo município. "Eles foram a cada local em que se precisava dos seus serviços e por isso o trabalho teve êxito", finalizou o secretário de Produção Rural.

EDUCAÇÃO - Com menos de seis meses de governo, o prefeito de São Bento, padre Aldo, conseguiu um significativo feito na educação infantil do município. Elevou o número de alunos matriculados no pré-escolar de 296, em 2004, para 1.355 em 2005. Segundo reportagem publicada no Diario de Pernambuco, a terra do Rio Una liderava o ranking de desatenção com as crianças, o que não acontece mais, graças a determinação de atender o maior número possível de pequenos em idade escolar.

PONTE E MISSÃO DE PAZ - São Bento do Una está enviando os soldados Osvaldo César Valença e Renato Silva de Oliveira, além do cabo José Cláudio Queiroz para a missão de paz no Haiti. O fato é motivo de orgulho entre os sãobentenses. Na foto ao lado, acima, o comandante Ferraz, o vice-prefeito do município, José Almeida e o general Ananias. A foto de baixo mostra a ponte do Alto Santiago, reformada agora na administração Pe. Aldo, beneficiando uma área da cidade que estava esquecida.