Garanhuns, 4 de junho de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Igreja Católia celebra padroeiro Santo Antônio

Desde o último dia primeiro está sendo realizada a programação da festa de Santo Antônio, padroeiro de Garanhuns. A "trezena" começou com missa, terço antoniano e procissão no centro da cidade. Na quinta-feira, dia 2, foi realizada uma homenagem à imprensa local, com celebração e coquetel oferecido aos radialistas e jornalistas da Suíça Pernambucana. Na sexta, dia 3, os homenageados foram os que compõem o Exército brasileiro.

Hoje, sábado, a Igreja Católica dedica o dia à CDL e aos motoristas e mototaxistas da cidade, com missa às 12h40, procissão (16h), terço (18h45), trezena (19h30) e quermesse (20h30). Amanhã os homenageados serão os jovens, com celebração, terço e trezena, nos mesmos horários. A programação segue até o dia 13, com cada noite sendo dedicada a um segmento da sociedade local. No dia 12, serão lembrados os namorados de Garanhuns e região, com missa e palestra do padre Antônio Carlos.

No encerramento, dia 13, alvorada às 6h, missa solene, às 10h, tendo como celebrante o bispo da Diocese, Dom Irineu Roque Scherer. Às 12h repique de sinos, depois terço antoniano (15h) e procissão de Santo Antônio, às 15h30, com encerramento da trezena sob o tema "O amém da humanidade à vontade do Pai", tendo como pregador Dom Dino Marchió, bispo de Caruaru.

À frente da organização da festa estão o bispo Dom Irineu, o vigário geral da Diocese, Marcelo Protásio, e o padre Sérgio Tenório, com a colaboração de Múcio Emery, que atua como assessor de comunicação. "É tempo de alegria, de festa e de retiro espiritual, pois através dos momentos celebrativos iremos meditar sobre a vida do nosso padroeiro Santo Antônio, que é para nós testemunho de fé", escreveu Dom Irineu, no livreto distribuído com a programação da festa, convocando os católicos a participarem da trezena do padroeiro de Garanhuns.