Garanhuns, 21 de maio de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Deputado reclama da telefonia móvel

A qualidade dos serviços de telefonia móvel prestados em Pernambuco foi questionada, pelo deputado Izaías Régis (PTB), na Assembléia Legislativo do Estado. "A própria Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aponta as empresas TIM, Claro e Oi como as piores do país", criticou o parlamentar, citando a matéria publicada no último domingo, no caderno de Economia do Diario de Pernambuco (DP), intitulada "Serviços de teles pioram no Esado".

De acordo com o petebista, seus dois celulares foram clonados recentemente. "A TIM nem sequer comunicou que meu telefone seria bloqueado. Quando precisei fazer ligações, uma gravação informou o problema", lamentou Izaías, acrescentando que a iniciativa de procurar a operadora por meio de telefonemas é frustrante, "uma vez que o consumidor passa quase uma hora para conseguir falar com um dos atendentes e não há solução imediata".

A reportagem publicada no DP mostra que as reclamações feitas contra as operadoras aumentaram no mês de abril. A Claro recebeu 16,7% mais reclamações que no mês de março, a Tim e a Oi registraram um aumento de 28% e 13,5% respectivamente, tendo como base o mesmo período. "As operadoras de telefonia móvel juntamente com a Celpe são líderes em reclamações nos órgãos de defesa do consumidor", observou o deputado.

O caderno de Economia do Jornal do Commercio também publicou uma reportagem questionando a atuação das agências reguladoras. "Elas deveriam tentar um consenso entre os interesses das empresas e dos consumidores, mas não é isso o que se vê. Papel das agências não está sendo cumprido", afirmou o parlamentar.