Garanhuns, 21 de maio de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

CORREIO CULTURAL

Carlos Janduy


"Résteas Musicais"

Résteas Musicais é um projeto arrojado, que está sendo encabeçado por experientes artistas de Garanhuns. Nomes como Audejan, Aldecy Souza, Gido Silva, Marcos Cabral e Paulo Ferreira estão envolvidos diretamente com a importante iniciativa.

No próximo dia 26, Audejan e A Cor do Jazz farão as primeiras apresentações, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante, a partir das 20 horas. No dia seguinte, sobem ao palco do Teatro Luís Souto Dourado o Sertão Caatingoso e o Batuque do Camaleão Quântico, também iniciando às 20 horas.

Segundo o músico Paulo Ferreira, a idéia inicial é levar o projeto às principais cidades de Pernambuco.

Sabemos do talento e da competência desses abnegados artistas e acreditamos plenamente que o projeto alcançará o grande êxito que merece. Portanto, já registro aqui meus sonorosos aplausos de boa sorte.


Assembléia da ACODINE

De 01 a 03 de junho próximo, será realizada em nossa cidade a XII Assembléia da ACODINE - Associação dos Colégios Diocesanos do Nordeste, que tem em sua diretoria atual o Prof. Albérico Fernandes, como presidente.

O evento envolverá cerca de quinze educandários e mais de cem participantes, entre eles, bispos, padres, diretores, professores e demais profissionais da área de educação. Além das reuniões, nas quais serão discutidos temas e propostas de interesses dos Colégios, também farão parte da programação, três palestras: "Uma Visão da Educação Brasileira e as Novas Políticas Educacionais", proferida pelo Dr. Prof. Michel Zaidan Filho (Cientista Político, Historiador e Professor da Universidade Federal de Pernambuco); "Uma Visão Pedagógica na Nova Administração Escolar", com o Prof. José Souza Barros (Especialista em Educação e Administração Escolar e Professor da Universidade de Pernambuco) e "A Educação Católica no Contexto da Sociedade Atual", com o Pe. Cláudio Sartori (Mestre em Filosofia pela Universidade de Roma e Reitor do Seminário de João Pessoa-PB). Na Trezena de Santo Antônio, dia 1º, o Noiteiro será de responsabilidade da ACODINE, com pregação de Dom Valério Breda, representante da CNBB para a educação; noite cultural, com apresentação teatral do Grupo Diocesano de Artes; eleição da nova diretoria da entidade; city tour e Missa na Capela do Diocesano.

Segundo o Prof. Albérico Fernandes, diretor do Colégio Diocesano de Garanhuns, é uma grande responsabilidade organizar um acontecimento como este, dada a sua importância, pois, durante três dias, Garanhuns passa a ser o centro da Educação Católica do Nordeste; mas, ao mesmo tempo, recebemos com muita alegria a indicação, pela segunda vez, para receber os Colégios irmãos, que estão sempre buscando os melhores caminhos para realizar com sucesso a difícil missão de educar.


Mostra de Artes Cênicas

Tem início no dia 03 de junho, a XIII Mostra de Artes Cênicas de Garanhuns, que tem a finalidade de selecionar os espetáculos teatrais e de dança que estarão na programação oficial do XV Festival de Inverno.

Este ano, o evento, promovido pela Diretoria de Cultura do município, contará com seis espetáculos:

"O Portal Mágico" (Infanto-juvenil) - Grupo Diocesano de Artes, direção de Sandra Albino;

"Pluft, o Fantasminha" (Infantil) - Tropa Teatral CMA, direção de Marcelo Francisco;

"Poente na Madrugada" (Adulto) - Arte Show, direção de Elves da Silva;

"O Diário de Ana Rosa" (Adulto) - Cia. Tempo, direção de Julierme Galindo;

"Duex" (Dança) - Gestos Cia. de Danças, direção de Josemar Araújo e Breno Fittipaldi.

"A História do Boi Misterioso" (Dança) - Nossa Gente... Nossa Arte, direção de Antônio Araújo.

As apresentações acontecerão no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante e vão até o dia 08, com a premiação marcada para ser entregue no dia 09 de junho.

Durante este período, os grupos cênicos de Garanhuns e região têm a oportunidade de levar ao palco do Teatro Luís Souto Dourado, suas mais recentes montagens e um bom público, como acontece todos os anos.


AGRADECIMENTO: Ao Prof. Claudenor Ferreira que vez por outra, tem a gentileza de fazer a revisão desta coluna, e o Prof. Cláudio César, que também tem colaborado com a arte-final das fotos.