Garanhuns, 7 de maio de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Angelim valoriza tradições

Professores, estudantes, pais e mães de alunos e a comunidade em geral do município de Angelim (22 km de Garanhuns), estiveram envolvidos nas comemorações do dias Nacional do Livro Infantil, do Índio e de Tiradentes, realizadas nos últimos dias 18, 19 e 20 de abril. À frente dos festejos a Secretária de Educação, professora Josevalda Cavalcanti e as programadoras pedagógicas Maria José de Araújo e Maria Marques Portugal.

A programação envolveu 4.500 alunos da Rede Municipal e mais os estudantes da Escola Estadual Azarias Salgado, que tiveram direito a transporte público disponibilizado pela Prefeitura e mais um lanche servido pela Secretaria. As comemorações foram feitas com palestras, exposições, apresentações de danças indígenas, sketes, recitais, cartazes, maquetes, mostra de trabalhos dos índios feita pela Fundarpe, apresentação de pernas-de-pau, entre outros trabalhos feitos pelas crianças da cidade e zona rural.

"Temos muita gente talentosa e as apresentações foram belíssimas", disse a secretária Josevalda, ao comentar as comemorações do dias do Livro Infantil, do Índio e de Tiradentes. Segundo ela, o êxito do evento só foi possível graças ao apoio dado às escolas pelo prefeito do município, Samuel Salgado, do PT, que vem procurando fazer um trabalho de valorização das tradições locais.

Josevalda ressalta também o apoio de sua equipe, a participação da escola Azarias Salgado e do povo de Angelim. A secretaria pretende continuar trabalhando nessa linha, ouvindo a comunidade democraticamente e realizando eventos que reforcem o interesse pela educação.

No próximo mês de junho, Angelim irá comemora a sua emancipação política, quando sera feita uma grande festa popular com organização da prefeitura. Estão previstas apresentações, shows em praça pública e o lançamento do livro "As Desventuras de Raulzito na Terra das Sete Colinas", de autoria do jornalista Roberto Almeida.