Garanhuns, 7 de maio de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

CORREIO POLÍTICO

Roberto Almeida


A BOA VONTADE DE LUIZ

O prefeito Luiz Carlos de Oliveira é uma grande figura humana. Tem jeito simples e bonachão e certamente conquistou muitos eleitores do município devido a esse perfil. No poder, Luiz continua atencioso com o cidadão comum, com seus colegas empresários e com a imprensa. Também se vê que o prefeito tem muita boa vontade, deseja o melhor para Garanhuns, demonstrando sensibilidade principalmente com os setores social e de cultura. O ritmo da administração, no entanto, pelo menos nesses primeiros quatro meses, é muito lento e se vê claramente que no secretariado algumas pessoas não estão correspondendo. Na opinião de muitos garanhuenses, que inclusive foram eleitores do PMDB, a gestão atual só irá deslanchar se Luiz Carlos tiver coragem de promover mudanças. Essa decisão, contudo, é do prefeito, só ele poderá tomá-la e definir realmente se há necessidade de alteração na equipe.


O JORNAL DO PV

Os dirigentes do PV não baixam a cabeça. Promoveram um café da manhã para oficializar o rompimento com Luiz Carlos, lançaram um jornal contando as "suas verdades" sobre a campanha política de 2004 e prometem em 2006 mostrar força novamente. Os verdes se destacam pela organização.


ÓRFÃOS

Tem muita gente na cidade que está órfão, depois que Silvino Andrade deixou a prefeitura. Só pra conferir: Ivan deixou de ser secretário, João Guido já não tem aquele vigor, Nilo foi substituído por um enrolado e Sivaldo, mesmo continuando presidente da Câmara, sumiu, ou já não tem o mesmo brilho. A lista tem muito mais gente, mas fica pra depois.


EDUCAÇÃO

A reportagem publicada na última edição, narrando os problemas na Secretaria de Educação de Garanhuns, teve ampla repercussão na cidade, sendo comentada nas rádios, no comércio e nas repartições. Como a prefeitura não deu nem mesmo uma notazinha a respeito, defendendo a professora Lourdes, fica evidente que não há o que contestar na matéria. Ou seja, tudo que foi passado ao jornal, por funcionários insatisfeitos, é verdade.


FERRO

Com seu jeito um tanto tímido, o deputado federal Fernando Ferro (PT), esteve no último final de semana em Garanhuns. Prestigiou o lançamento do livro de João Marques, no Centro Cultural, e nas entrevistas às emissoras de rádio, quando confirmou o concurso para contratação dos professores da UFRPE, deu uma alfinetadas em Izaías Régis.


DUDU

Mesmo tendo perdido a eleição em Capoeiras, em 2004, o empresário Claudino de Souza, o Dudu, parece que tomou gosto pela política. No próximo ano ele e seu grupo, que deve permanecer unido, irá fazer campanha para governador, senador presidente e deputados. Tudo indica a disputa com o prefeito Maurílio Rodolfo (Nenen) será duríssima novamente.


APOIO

Na edição passada do Correio, Nenen disse não ser impossível uma aliança com Dudu em Capoeiras. O prefeito só não quer conversa com Carlos Batata. Mas Claudino, numa posição ética elogiável, descarta um acordo com Maurílio Rodolfo e garante que continuará junto de Edgard, Fátima Vieira, Cleonice e Batata.


CANDIDATA

Lígia Falcão, natural de Garanhuns, que hoje é chefe de gabinete do prefeito João Paulo, pode ser candidata a deputada estadual pelo PT, em 2006. Aqui na terrinha já tem gente torcendo por ela e disposta a fazer campanha pela conterrânea.


NOGUEIRÃO

Expedito Nogueira, o Nogueirão, votou em Luiz Carlos para prefeito. Mas acha que até agora o nosso governante não "desarnou". Na sua opinião a administração atual só melhora se forem trocados pelo menos quatro secretários.


ASSUME JÁ

Primeiro suplente de deputado federal da aliança PMDB,PFL e PSDB, Carlos Batata deve assumir o seu mandato dentro de pouco tempo. É que o deputado Ricardo Fiúza, do PP, está muito doente e deve ser forçado a tirar uma licença abrindo a vaga para o ex-prefeito de Capoeiras.


O JORNAL DO PADRE

Pe. Aldo lançou um jornal, no final de abril, comemorando os 145 anos de São Bento do Una e aproveitou para prestar conta dos primeiros 100 dias de Governo. Em pouco tempo já fez mais coisas do que a maioria dos prefeitos por aí, mesmo tendo pegado a casa desarrumada.


ANIVERSÁRIOS

O ex-prefeito Amílcar Valença (irmão do monsenhor Adelmar da Mota Valença) completa neste mês de maio 90 anos de idade. Seus familiares e amigos pretendem festejar a data discretamente. E, embora com um certo atraso, vale aqui registrar que duas pessoas importantes de Garanhuns, notadamente no campo do jornalismo e da comunicação, aniversariaram em abril passado: Humberto de Morais, que marcou época no rádio local com "o comentário do almoço", fez 79 anos; Já Ulisses Pinto, esse ainda hoje um dos nossos valiosos colaboradores, completou 80 anos. Vida longa para todos eles, que tanto têm feito pela terra das sete colinas.