Garanhuns, 26 de março de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Prefeitura reabre Creche e Centro de Idosos

Fechados desde outubro e novembro do ano passado, a creche e o Centro de Convivência de Idosos de São Bento do Una, localizados no bairro Santo Afonso, foram reabertos este mês pelo prefeito Aldo Mariano. A reinauguração das duas unidades aconteceu em clima festivo, com um forró e um almoço, oferecido a todos que freqüentam o centro de convivência. Logo na entrada, faixas de agradecimento a padre Aldo, pela iniciativa.

A secretária de Ação Social de São Bento, Fátima Queiroz, 47 anos, há 18 anos radicada no município, informou que a creche Irene de Oliveira Mota atende de segunda a sexta-feira mais de 150 crianças, oferecendo alimentação, assistência médica e material escolar. O Centro de Convivência de Idosos também atende cerca de 150 pessoas, que recebem café da manhã, almoço e ceia. Eles participam ainda de trabalhos manuais, de horta comunitária e são levados para conhecer outras realidades do próprio município e de outras comunidades.

"A prioridade do Governo Fé e Trabalho são as pessoas carentes", garante a secretária de Ação Social. Segundo Fátima, ao mesmo tempo em que reabriu a creche e o centro de idosos a prefeitura reorganiza programas como o fome zero, o bolsa família e o Peti, de erradicação do trabalho infantil. "O Peti estava inteiramente desativado e os outros funcionando precariamente. Nós pretendemos levar esses programas a quem realmente precisa e quem não for contemplado com recursos federais será assistido de alguma forma através da prefeitura", esclareceu a secretária.

Fátima Queiroz demonstra muita confiança na admininistração de padre Aldo e acha que o prefeito conseguirá recuperar a imagem de São Bento do Una no Agreste e no restante do Estado, devido ao seu equilíbrio e a sua competência. Experiente, já tendo trabalhado nos governos de Paulo Pereira e Reginaldo Porfírio, a secretária não tem dúvida de que o município agora está no rumo certo.