Garanhuns, 12 de março de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Seqüestro é mistério em Lajedo

Depois de 11 dias de muita inquietação e sofrimento, notícias desencontradas e preocupação por parte da família, o Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil, o GOE, começou a desvendar o seqüestro da comerciante Janeide Cosme, filha do empresário Zeza Cosme, da cidade de Lajedo. Seis pessoas foram presas, dentre eles um rapaz conhecido como Jefferson, que era namorado da moça. Informações extra-oficiais chegaram a ser divulgadas dizendo que a moça foi localizada num cativeiro no município de Jurema. Nos primeiros contatos os seqüestradores chegaram a pedir R$ 1 milhão de resgate e depois passaram dias sem fazer contato, deixando desesperados os familiares de Janeide. Moradores de Lajedo informaram também que na sexta-feira Jefferson foi liberado por falta de provas.