Garanhuns, 26 de fevereiro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

São Cristóvão irrita usuários

Muitos moradores de Garanhuns, usuários da Empresa de Transporte São Cristóvão, estão irritados com a concessionária do serviço público, que vem aos poucos substituindo os ônibus grandes por micro-ônibus. Esta semana, na Rádio Marano, várias pessoas reclamaram dessa medida e cobraram providência por parte da Secretaria de Transportes do Município. "Esperamos que o secretário Eber Frias faça alguma coisa, porque nós estamos sendo prejudicados", declarou o professor Evando Lustosa, um dos entrevistados pela emissora do bairro do Magano.

A São Cristóvão passou a monopolizar as principais linhas de ônibus da cidade desde que a Rodobraga, uma empresa genuinamente garanhuense, quebrou em 2003. Desde então, a responsável pelos coletivos que servem à população local vem agindo como quer, sem que o poder público interfira de modo a preservar o interesse dos cidadãos.

Os micro-ônibus foram jogados inicialmente no bairro da Brasília, que sempre teve um serviço de transporte deficitário, e depois foram se espalhando por outras áreas da cidade. Mesmo quando aparentemente confortáveis os ônibus pequenos são apertados e nos horários de pico não conseguem atender a demanda. Na avaliação de Evando Lustosa, essa forma de transporte atende o interesse da empresa e deixa de lado as necessidades do usuário.