Garanhuns, 26 de fevereiro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Sebrae propõe Festival Literário em Garanhuns

Garanhuns poderá sediar ainda este ano, possivelmente em agosto, um Festival Literário, nos moldes do que acontece hoje em Parati, no interior do Rio de Janeiro. A proposta, apresentada esta semana, na sede da entidade, foi bem recebida por amplos setores locais, como Prefeitura, Sesc, Academia de Letras, Associação de Imprensa, Saga e Faculdade de Formação de Professores.

O anúncio do Festival Literário foi feito pela coordenadora do Sebrae em Garanhuns, Ana Cláudia Mendonça, com a participação de representantes das instituições citadas acima e de intelectuais e profissionais liberais da cidade. O escritor Nivaldo Tenório, um dos presentes, elogiou o projeto e disse não ter dúvidas do sucesso da iniciativa. O presidente da Academia de Letras de Garanhuns, João Marques, também gostou da idéia do Sebrae e confessou que um festival do tipo idealizado era um dos seus sonhos de muito tempo. Outro que demonstrou acreditar na proposta foi o jornalista Jodeval Duarte, que veio residir recentemente na Suíça Pernambucana e está colocando na cidade um estabelecimento de livros usados (sebo).

O editor do Correio Sete Colinas, Roberto Almeida, que também participou da reunião, lembrou que há muito defende no jornal e na rádio a cultura de Garanhuns. Salientou que a cidade tem um bom potencial nessa área, com colégios, faculdades, o festival de inverno e muitas pessoas que gostam de ler e escrever. "É um evento que tem tudo para dar certo e em pouco tempo pode projetar tanto a cidade lá fora quanto o Festival de Inverno", enfatizou o jornalista.

PARCERIAS - Pelo projeto do Sebrae, o festival de literatura seria realizado tendo como parceiros o Governo Federal, a Empetur, a Fundarpe, a Prefeitura de Garanhuns, a Saga, a Academia de Letras e empresas privadas como o Grupo Ferreira Costa (que esteve representado na reunião através de Pietra, esposa de Guilherme Ferreira Costa). A programação do evento incluiria um Festival Gastronômico que seria realizado paralelo à festa das letras e seria reservado um espaço todo especial à literatura infantil.

Ana Cláudia Mendonça informou que o produtor cultural Astrogildo Santana, da Assim Comunicação, está sendo contactado pelo Sebrae para ajudar na formulação do projeto e na captação de recursos. "É uma pessoa experiente na área e que poderá viabilizar ajuda do Funcultura", explicou a coordenadora do õrgão de apoio às micro-empresas.

Tanto Ana Cláudia Mendonça quanto os convidados para discutir o projeto, como o contiasta Nivaldo Tenório, defenderam a idéia de que o Festival Literário terá os objetivos de estimular a leitura, de fomentar a cultura em Garanhuns e região, mas também de contribuir com o turismo e a economia da região Agreste.