Garanhuns, 26 de fevereiro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Vestibular da Rural em Garanhuns será em maio ou junho

Garanhuns deve passar por uma grande virada no campo da educação, a partir de maio ou junho deste ano, com a realização do primeiro vestibular da Universidade Federal Rural no município, em maio ou junho próximo. Em agosto, as aulas da UFRPE na cidade já começam, no prédio que durante muito tempo abrigou a Faculdade de Administração, a Faga. Inicialmente, estão previstos os cursos de Veterinária, Zootecnia, e Agronomia.

A implantação definitiva da Universidade Federal Rural na Suíça Pernambucana, foi comunicada pelo professor Valmar Correia, reitor da UFRPE, ao prefeito Luiz Carlos de Oliveira, no último dia 17, numa reunião realizada no Palácio Celso Galvão. Estavam presentes, além do governante e do dirigente da instituição de ensino superior, sete pró-reitores, o agrônomo Nivaldo Azevedo, diretor da clínica de bovinos de Garanhuns e o secretário de Comunicação da prefeitura, Marcos Régis.

Segundo Marcos, o prédio em que funcionou a Faga e o cursinho Nova Dimensão, no bairro de Heliópolis, já está sendo reformado e adaptado para funcionamento das faculdades de Agronomia, Veterinária e Zootecnia. Também já está sendo providenciado o concurso para contratatação de professores, 25 numa primeira etapa, 26 num segundo momento e 25 na terceira e última etapa. No total 76 profissionais serão absorvidos pela instituição.

A prefeitura irá colaborar com a implantação da UFRPE através do Centro de Controle Ambiental (Centro de Zoonoses), que será utilizado pelos estudantes nas aulas práticas. Além disso, o poder público cederá funcionários à Universidade e colocará a Guarda Municipal a serviço das novas faculdades, num trabalho que será feito em conjunto com a Polícia Militar. No terreno ao lado da Clínica de Bovinos, será construído o prédio próprio da Rural em Garanhuns, plajenado para estar pronto já em 2006.

A luta pela interiorização dos cursos da UFRPE em Garanhuns é antiga e foi encampada no passado por políticos como Cristina Tavares, Ivo Amaral e Carlos Batata. Mas recentemente, a criação de uma universidade no município teve como defensores deputados como Izaías Régis (PTB) e Fernando Ferro (PT). Por decisão do presidente Lula os cursos de Agronomia, Veterinária, Zootecnia e outros que serão anunciados depois serão instalados este ano, possibilitando que a terra das Sete Colinas tenha uma grande chance de se desenvolver mais na área da educação e fortalecer a sua economia.