Garanhuns, 12 de fevereiro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Postos de saúde funcionam em período integral

Os postos de saúde que funcionam com o Programa de Saúde da Família (PSF) em Garanhuns estão em pleno funcionamento e prestando os serviços médicos e odontológicos.

Segundo informações do secretário de Saúde, Dimas Carvalho, as equipes do PSF disponibilizam o serviço de forma permanente, cumprindo o horário integral do expediente, conforme o previsto no PSF. "Os postos que abrigam o Programa de Saúde da Família estão atendendo, inclusive, no período da tarde. Já os que abrigam a atenção básica, onde funcionam apenas como ambulatório e que não existe a equipe de saúde da família estão funcionando eventualmente pela manhã ou no período da tarde", anuncia o secretário. Indagado quanto ao funcionamento dos postos não ser uniforme, o secretário esclareceu: "há uma diferença de contrato.

Os postos de saúde são compostos por servidores efetivos, a carga horária é menor e o número de ambulatórios também é menor. Já nos postos do PSF às equipes foram mantidas, os profissionais foram re-contratados e sabem que têm o compromisso de trabalhar às oito horas previstas no contrato, com a diferença de uma hora do traslado, que inclusive é obrigação da prefeitura. Então, os postos do PSF funcionam durante as 7 horas corridas, com a opção de um intervalo para o almoço e voltar a tarde ou iniciar o trabalho às 8 da manhã, se estendendo até as 3 da tarde", esclareceu o secretário.

Metas para a Saúde Bucal - A implantação dos serviços odontológicos em todos os postos de saúde onde funcionam o Programa de Saúde da Família (PSF) é uma das principais metas do governo Luiz Carlos de Oliveira. "Esperamos promover uma cobertura total do Município, mas se conseguirmos realizar um trabalho eficaz com os Programas de Saúde da Família (PSF) e com os programas de saúde bucal, nós teremos resolvido mais uma parcela importante dos problemas da nossa população", finalizou o secretário Dimas Carvalho.