Garanhuns, 8 de janeiro de 2005
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Começa a corrida pelo material escolar

Desde o último dia três de janeiro começou a corrida dos pais pelo material escolar dos seus filhos, nos diversos estabelecimentos comerciais da cidade. Os consumidores se queixam que os preços subiram muito, em relação ao ano passado e a maioria tem mesmo é que apertar os cintos para atender as listas de material entregues pelas escolas.

O consumidor Eduardo Siqueira, que já esteve checando os preços dos principais produtos solicitados, reclama que os preços estão exorbitantes e acredita que pouca gente tem condições de aguentar as despesas. A única saída, segundo ele, é fazer uma pesquisa entre os vários estabelecimentos para ver se no final se consegue economizar alguma coisa.

Na livraria do MEC, próxima ao centro da cidade, o movimento já está maior do que o ano passado, talvez em função das aulas começarem mais cedo, neste início de 2005. "Muitos pais querem viajar para descansar um pouco com a família e por isso adiantam a compra do material escolar", explicou José Augusto, proprietário da livraria. Ele disse que a casa dispõe da maioria dos livros adotados nas escolas particulares da cidade e informou que quando um deles falta o pedido é feito imediatamente às editoras.

Segundo o proprietário a livraria MEC se diferencia pelos preços, que são os menores do mercado. O estabelecimento também vende no cheque pré-datado, no cartão e em carnê com até quatro parcelas. O movimento nas livrarias deve crescer muito até o mês de fevereiro, por isso os empresários do ramo recomendam que os clientes antecipem as compras devido a evitar os atropelos de última hora.

"Quando está em cima das aulas mesmo fica quase impossível o cliente entrar na livraria. Por isso recomendamos que o cliente venha o mais cedo possível", disse José Augusto. O empresário ressaltou que neste período a livraria chega a dobrar o número de funcionários, para assegurar um melhor atendimento e fazer com que o cliente não perca muito tempo.