Garanhuns, 6 de novembro de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

Promotor acusa falta de comando na PM

Entrevistado na Rádio Sete Colinas, esta semana, o promotor Alexandre Bezerra foi mais duro ainda em relação ao comando da Polícia Militar de Garanhuns. Na opinião do representante do Ministério Público, que reassumiu as funções recentemente, há um total descompromisso do governo do Estado com a segurança pública em nossa cidade e a Polícia Militar local enfrenta uma crise de comando.

Alexandre Bezerra disse que já enfiou oficios às polícias civil e militar, aos promotores da área criminal e aos comandantes da PM e Defesa Social do interior solicitando providências contra o aumento da criminalidade na Suíça Pernambucana. "Essa escalada de violência é por conta de uma política social e por conta da omissão do poder público. É preciso fazer um novo pacto social, com participação da sociedade, de modo a dar segurança aos cidadãos", frisou o promotor público na entrevista dada ao Jornal da Sete.

Ele enfatizou que existe um problema de ordem administrativa no Nono Batalhão e acusou o tenente-coronel Plínio Chaves de cometer um erro de avaliação no seu trabalho. "Há deficiência de pessoal e mesmo assim os policiais fazem o que podem. Só que há um desgoverno na PM", criticou Alexandre na Sete Colinas.