Garanhuns, 23 de outubro de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
ESPECIAL
 

Governo vai contratar mais 1.600 professores concursados

Os 1,6 mil pro-fessores aprovados no concurso público realizado em março deste ano serão contratados pela Secretaria de Educação e Cultura até janeiro próximo. Eles devem assumir os cargos no início de 2005. O anúncio foi feito pelo secretário de Educação e Cultura, Mozart Neves Ramos, como parte das comemorações do Dia do Professor, festejado no último dia 15.

Além da contratação dos concursados, o secretário anunciou implantação do Plano de Cargos e Carreiras, que vai proporcionar um aumento entre 20% e 30% nos salários dos profissionais da Educação, já no contracheque de novembro. "O nosso principal objetivo é motivar alunos e profissionais da rede com uma política de formação continuada", disse Mozart Ramos.

Com o mesmo sentido, a Secretaria de Educação publicou, ontem, edital de seleção de projetos para Cursos de Especialização de Professores e Gestores do Ensino Médio. As universidades que ficarão responsáveis pelos cursos terão que comprovar experiência na área/disciplina em que pretendem oferecer a pós-graduação, que deve ter uma carga horária mínima de 360 horas. Três pólos, sendo dois no interior do Estado, vão sediar os cursos de especialização. As instituições ficam responsáveis pela seleção dos 300 gestores e 1,3 mil professores. Ao final do curso, os autores das melhores monografias terão a oportunidade de ingressar em curso de mestrado.