Garanhuns, 23 de outubro de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

CORREIO & MÍDIA

Ronaldo César


As Universidades, a Escola do SENAI e a Usina de Biodiesel

O vislumbre da redenção econômica do Agreste Meridional com a implantação da Universidade Federal em Garanhuns e o anúncio da possível Usina de Bio-Diesel em Caetés apontam para uma nova realidade. É preciso entender que não existem pais de uma ou outra iniciativa e sim a conclusão ao longo dos anos de que esse era o principal fator de desenvolvimento para a região, apostar na educação com perfil rural. E a Universidade atende toda e qualquer expectativa. Desde que se entendeu essa necessidade, todo porta voz dos reclamos de nossa gente foi importante até o anúncio de Lula, que teve mais a verve emocional ligada a terra que o gerou que ideologismos político-partidários. A Usina viria a complementar o projeto. A Universidade formando especialistas nas áreas rurais, exemplificando em veterinários e agrônomos. A Escola do SENAI, que se encontra em construção, com a responsabilidade da formação de mão-de-obra técnica e de serviços, com perfis industriais e rurais. A Usina de Bio-Diesel pode ser o fator gerador de recursos, de incrementos em nossa economia e por conseqüência direta, melhoria na qualidade de vida da região. A responsabilidade de Caetés, portanto, passa a ser representativa para a região devido o investimento federal feito pelo ilustre primo de todos.


Investimentos

A visita dos ministros Tarso Genro e Eduardo Campos, além de comitivas federal e estadual a Garanhuns e a embaixadora da Costa do Marfim, Colete Lambin, à Caetés, são mostras claras que não estamos em uma região qualquer, esquecida pelo poder federal. Estamos sim, numa região assistida, em que os bons exemplos administrativos estão sendo respaldados e os investimentos estão sendo canalizados. O exemplo a ser observado foram as melhorias na infra-estrutura neste final de ano na Cidade das Flores onde os recursos foram também oriundos de iniciativas de opositores ao governo Silvino Duarte. Essa deve ser a combinação de esforços pelo bem comum.


Zé da Luz

O Engenheiro prefeito da cidade de Caetés, filho de Garanhuns, José Luiz Sampaio, o Zé da Luz, vem conseguindo atrair para Caetés os olhares da mídia, fazendo sua administração repercutir não apenas no estado mas também em Brasília, onde esteve esta semana.


Caetés FM

...E por falar em Caetés, é possível que Zé da Luz instale na cidade uma emissora de rádio FM. O comentário é que a qualidade deverá ser sentida inclusive em Garanhuns.


Santana FM

Quem também se movimenta para equipar uma rádio FM é Sandoval Cadengue, de Brejão, que estará passando a responsabilidade da prefeitura para Joseraldo Bezerra em 1º de Janeiro. Também deverá investir em equipamentos modernos para que a região escute o som de Brejão. Alguém me disse que a Brejão FM, emissora no ar na cidade foi oferecida ao prefeito mas que ele não teria aceito a proposta e prefere estruturar uma nova emissora.


Dia do Médico e Profissional de Saúde

Com datas comemorativas em outubro, esses profissionais estão recebendo parabéns de vários segmentos da sociedade. Daqui segue o reconhecimento aos médicos que fazem o Hospital Monte Sinai e o Centro Médico LAGAM. Mas não fossem os funcionários e a galera administrativa não teríamos instituições competentes como as que fazem hoje o pólo médico de Garanhuns.


Cowboy Miranda

Edson Miranda, de longa jornada na Marano FM, reestreou o programa Manhã Sertaneja, agora na FM Sete Colinas, sempre aos sábados e domingos das cinco às sete da matina. Uma figura carismática que tem seu público na cidade e no campo e que estava saudoso dessa programação.


Monte Sinai FM

Quem também voltou ao rádio foi Carlos Alberto, o Carlão, que saiu da Estação Sat e arrumou assento na 87 FM. Agora as programações da manhã na rádio contam com Zezinho de Garanhuns, Pereira Filho (outra estréia), Rodrigo (filho do saudoso Jota Ferreira), Adna e Carlão, no Bom dia Comunidade.


Festa do Bicho

Passado o período eleitoral, o Bicho volta a morder e a movimentar seus sócios visando já à próxima Garanheta, que será em março. Dia 06 de Novembro mais uma feijoada fará a festa no Tavares Correia, mas antes disso, dia 30 de Outubro reestréia o programa do Bloco Bicho na Estação Sat FM, sempre aos sábados. Muita Festa ainda vem por aí!!!


Entrevista Coletiva

A produção do Programa Entrevista Coletiva está negociando com a rádio Monte Sinai FM e é possível que a transmissão do programa, gerado do Terraço Chopperia e Churrascaria seja retransmitido pela emissora da Brasília. Assim teríamos duas emissoras veiculando o programa que está revolucionando o conceito de rádio em Garanhuns. Apresentado "ao vivo", aos sábados, com música, informação e sempre novos convidados.


Clone do Chopp

E por falar em Entrevista Coletiva, tivemos o lançamento do Chopp Nova Schin no programa e depois, no domingo, o Terraço ficou pequeno para o Clone do Chopp, onde o cliente pagava um e tomava dois. Eduardo Marçal da Nova Schin promete outras movimentações do Chopp neste final de ano. A cerveja que vem sendo a parceira dos grandes eventos na cidade agora também assina o chopp mais suave, gostoso e gelado da cidade.