Garanhuns, 9 de outubro de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Ivo ajuda na vitória peemedebista

Embora tenha aparecido pouco na campanha eleitoral e tenha sido impedido de falar no guia eleitoral de Luiz Carlos, o ex-prefeito Ivo Amaral ajudou bastante na campanha do peemedebista. Ele participou de caminhadas e comícios, convenceu amigos a votar no candidato do seu partido e foi conselheiro em momentos importantes da disputa eleitoral.

Alguns empresários e políticos do município que resistiram em votar em Luiz, por conta de alguma aresta com o prefeito Silvino, foram convencidos por Ivo a deixar de lado o desafeto, sendo convencidos, através do diálogo, que o presidente licenciado da CDL é independente e fará um governo sem se tornar um refém do atual chefe do Executivo local.

O ex-prefeito participou da jornada que levou Luiz Carlos à vitória com toda sua família e aliados, como os candidatos a vereador Paulo Gomes, Moisés Braga, José Rodrigues e Alzira do Hospital. Estes, por terem sido fiéis a Ivo Amaral, quando este deixou o PFL, foram premiados com sua ajuda na campanha. Nenhum dos quatro conseguiu se eleger, é certo, mas juntos conseguiram reunir cerca de três mil e 300 votos, o que não é pouco numa eleição decidida por pouco mais de cinco mil sufrágios.

O prefeito eleito de Garanhuns sabe que o seu maior eleitor foi Silvino Andrade e certamente irá apoiar sua candidatura a deputado federal, daqui a dois anos, porque é um homem de palavra e de caráter. Mas Luiz Carlos é consciente também de que a vitória não teve apenas um pai. Muitos contribuiram com ela e muita gente votou simplesmente nele, o "Luiz da Farmácia".

Com o seu estilo leve e cordato, o sucessor de Silvino já está agradecendo a quem contribuiu com sua conquista e no início desta semana fez questão de telefonar para Ivo e reconhecer que a participação do ex-prefeito em sua campanha foi importante.