Garanhuns, 9 de outubro de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
ESPECIAL
 

Sertão ganha três novos Centros de Parto Normal

Em solenidade ontem (27.09) na Secretaria estadual de Saúde, o secretário Guilherme Robalinho assinou autorização de funcionamento dos Centros de Parto Normal dos municípios de Mirandiba, Manari e Verdejante. Também foram entregues os equipamentos e materiais que serão utilizados em cada uma dessas unidades.

Os recursos para as obras de construção (Manari e Verdejante) e reforma (Mirandiba) foram disponibilizados pelo Ministério da Saúde, com contrapartida do Governo do Estado. Já os equipamentos foram adquiridos com verba exclusiva do Tesouro Estadual. Ao todo, foram gastos R$ 30 mil em equipamentos e R$ 383,8 mil em reforma e construção dos centros.

Logo após a solenidade, três caminhões carregados com equipamentos e materiais seguiram para os municípios. Os Centros de Partos receberam berços aquecidos, camas hospitalares, mesas cirúrgicas, mesas para exames ginecológicos, escada hospitalar, estetoscópios, aspiradores cirúrgico, instrumental cirúrgico para o parto, entre outros equipamentos.

Presente ao evento, o prefeito de Mirandiba, Jorge Carvalho, disse que o Centro de Parto do município vai possibilitar um atendimento mais digno às gestantes da cidade. Mirandiba (localizada no Sertão Central do Estado, a 470 quilômetros do Recife) tem uma população de 13,4 mil habitantes. Na cidade são realizados cerca de 25 partos por mês.

Já o prefeito de Verdejante, Francisco Tavares, afirmou que a obra também vai melhorar a assistência no serviço de pré-natal, fortalecendo o trabalho já desenvolvido pelo Programa de Saúde da Família. Verdejante, na mesma região, tem nove mil habitantes e realiza 19 partos em média por mês.