Garanhuns, 25 de setembro de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Diversão
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

COLUNA DE ULISSES

Ulisses Pinto


HECATOMBE - Estamos aguardando o próximo livro do prof. Cláudio Lima, do ensino estadual e uma pessoa de peso da Sintepe do Nosso Agreste Meridional.

Foi através deste jornal (2ª quinzena de agosto) que tomamos conhecimento desse palpitante assunto.

No livro o autor fala sobre o sargento da nossa PM, e o general Malta, o qual foi Cmt do 71º BI Mtz como tenente coronel. Ficou o caro amigo general Antônio Malta, uma temporada como Cmt. da 10ª Bda de Inf. Mtz como sede no Recife. A família é de Pernambuco.

O sr. Sales Vila Nova, que matou a tiros de revólver, no Recife, Júlio Brasileiro, era nosso amigo. Pessoa simples, que todos os anos, dava presentes a criançada pobre na Praça Jardim.

Homem de palavra seu Sales. Júlio Brasileiro, era incapaz de ter mandado dar uma surra em Sales Vila Nova. Mas, um ou dois seguidores do político Júlio Brasileiro para agradá-lo fizeram o serviço, segundo disse o saudoso Alfredo Leite Cavalcanti ao autor desta matéria e que falou em nome do povo no seu funeral.

Seu Sales, doente, foi visitado por este colunista antes de falecer. A pedido dele, foi sepultado em Jupí, pois tinha mágua de algumas pessoas de nossa terra - Garanhuns.

Estarei presente no lançamento dessa obra que vai na certa entrar também na história desta cidade.


LULA - Com muito prazer, lemos na imprensa, a boa nova do presidente Lula, ao anunciar para o próximo ano, a instalação em Garanhuns de um campus avançado da Universidade Rural.

O deputado Fernando Dantas Ferro, numa emissora local, falou deste assunto (foi um dos batalhadores assim como o deputado Izaías Régis). Fiz o que publicou o jornalista do Diário Político (ed de 21 do andante): "O deputado Izaías Régis está sendo parabenizado pela comunidade do município. Régis é autor da proposta levada ao presidente da República, em nome de várias entidades da região, para a instalação da Universidade Rural do Agreste.

Sabemos que esta luta, vem de longos anos, porém o pai da matéria no dizer do engenheiro elétrico Fernando Ferro (parlamentar do PT e muito ligado ao presidente Lula, desde a fundação da aludida agremiação) é o atual mandatário da nação.

E por falar no presidente ele brilhou na ONU, tendo falado em Nova Iorque, pregando a união das Nações Unidas contra a fome. São palavras do garanhuense Luis Inácio Lula da Silva: "Esta reunião é para somar os esforços de nações, povos, sociedade e pessoas em torno de um objetivo comum: combater a fome e a pobreza que ainda afligem tantos homes, mulheres e crianças do mundo. O fato de estarmos aquí, líderes de mais de 50 povos e nações já faz crescer a nossa esperança. É um gesto forte e concreto no rumo de uma aliança mundial contra a fome e a pobreza".

A reunião foi organizada pelo presidente da França, Jacques Chirac, Ricardo Lagos, do Chile, José Luiz Rodrigues Santero, da Espanha. Mas, o mentor, a iniciativa coube ao nosso presidente da república.

Enquanto isto, o grandão dos Estados Unidos, Bush da sua reeleição (vai continuar no poder). Um grande mal para o planeta terra, salvo engano de minha parte.