Garanhuns, 28 de agosto de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
COLUNAS
 

CORREIO & MÍDIA

Ronaldo César


A Campanha dos Debates

Depois que a lei eleitoral restringiu a veiculação política, mesmo de caráter informativa, os debates em nossas rádios e na televisão ganharam uma responsabilidade maior. Ali, os candidatos estão frente a frente não apenas com seus adversários, mas também com o povo. Falam de seus planos de governo, inquirem sobre os outros e debatem questões importantes para a futura administração de Garanhuns. Os guias eleitorais fazem no dia-a-dia o repasse das informações de campanha, colocam os candidatos falando sobre seus planos e as pessoas que o estão apoiando. Mas o debate oferece o confronto das idéias, dos objetivos, dos comportamentos e das estratégias. Assim vemos alguns optarem em sacudir o debate na busca do ato falho de outro candidato, outros esperam tão somente mostrar o que de fato quer fazer por Garanhuns, enquanto outros mordem e assopram. Nada impede que no mesmo debate, o rumo da estratégia gire várias vezes. Este é o clima dos debates e que a população gosta de ver. O ideal é que seja sempre de alto nível, que a administração da Terra das Sete Colinas seja sempre o item principal na pauta dos debates entre os candidatos ao Palácio Celso Galvão.


Alto Nível

A campanha em Garanhuns é reflexo da educação de nosso povo. Infelizmente algumas cidades da região não acompanham esse desenvolvimento humano e estão voltando no tempo, faltando apenas chamar para duelo de pistolas em praça pública. Garanhuns tem a responsabilidade de oferecer a essas cidades satélites o exemplo deste nível de debate alcançado, onde pudemos ver e ouvir nossos cinco candidatos à prefeitura dizerem à população o que pretendem fazer caso obtenham êxito nas urnas eletrônicas de 03 de Outubro.


II Debate

...E por falar em debate, dia 31 de agosto, o segundo debate promovido pelas rádios Estação Sat e Marano FM e retransmitido pela Monte Sinai FM, vai novamente fazer Garanhuns parar para ouvir as propostas de nossos postulantes à prefeito.


Profissionais de Imprensa

Vários profissionais da imprensa de Garanhuns estão trabalhando nesta campanha política, em nossa cidade e outras da região. É um campo que se abre, o da produção de guias eleitorais em rádios comunitárias em cidades onde na última eleição só chegavam as rádios de Garanhuns. A assessoria política e o marketing eleitoral também contam com profissionais de nossa cidade.


Rádios Comunitárias

...Vale ressaltar a força destas novas emissoras, que vinham para somar na interatividade com as comunidades e hoje ganham importância de gente grande nesta cidades, onde se transformaram no único meio de comunicação.


Ah! Globo!!!

Não é segredo que a Rede Globo de televisão compra os direitos de transmissões esportivas só para não dar chance que outras emissoras assim o façam. Mas o que faz nas Olimpíadas é uma degradação, uma verdadeira mutilação do evento, como se tivéssemos apenas o Brasil competindo e assim mesmo nos esportes que ache por bem mostrar. Enquanto isso a Band, que não tem o poderio econômico da Globo, faz-nos sentir em Atenas. Parece que é um crime tirar Ana Maria Braga do ar!!! Para quem tem TV por assinatura e pode cooperar com a Vênus Platinada com quase cem reais por mês, nada falta!!


Folclore

Em conversa com o multi-artista Valdir Marino no Programa Entrevista Coletiva, recordei brinquedos de nossa infância que o lado adulto tinham colocado no armário das lembranças. Mane-Gostoso, carrinho de rolimã, botão de plástico derretido, notas de carteiras de cigarro e tantos outros. Lembranças de uma época em que o vídeo-game engatinhava e a magia era o Sítio do Picapau Amarelo na televisão. Tudo folclore que deve ser mostrado, principalmente nessa época, quando vivenciamos o mês do folclore. Valdir Marino, o Cantador de Histórias, está com sua apresentação montada em que passeia com sabedoria por um tempo ingênuo em que a infância jogava bola de gude e pião na rua.