Garanhuns, 14 de agosto de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Erivânia é candidata contra os preconceitos

Mulher e deficiente visual, Erivânia Ferreira da Silva é candidata a uma vaga no Legislativo Municipal pelo PL, na coligação comandada pelo petista Alexandre Bezerra. Moradora do bairro de Heliópolis, com atuação na Associação dos Deficientes, se mostra disposta a derrubar barreiras e ocupar o seu espaço na política de Garanhuns. Confira, abaixo, uma curta entrevista com Erivânia.

CORREIO - Por que você resolveu disputar uma vaga no Legislativo Municipal?
ERIVÂNIA - Principalmente porque pensei nas pessoas com deficiência, que são as pessoas que sofrem mais e são excluídas pela sociedade. Por conta dessa situação aceitei o convite e estou disposta a trabalhar pela sociedade inteira, mas pensando em primeiro lugar nos portadores de necessidades especiais. Atualmente, como tesoureira da Associação dos Deficientes já luto pelos meus colegas, mas quero ampliar esse trabalho na Câmara.

CORREIO - O que você pensa da política?
ERIVÂNIA - Que já está em tempo de mudar, porque a política é o melhor caminho para melhorar a nossa sociedade. O que se precisa na política é de pessoas capacitadas e com compromisso junto à população. Precisamos de gente de bem na administração do município.

Acho que estamos quebrando barreiras, apesar do pouco espaço que nos é oferecido. Por isso estamos na luta, para termos direitos iguais.

O meu objetivo de entrar na política é que sempre sonhei em ajudar as pessoas mais carentes. E como conseguir isso? Através da política, porque é na política que a gente encontra muitos projetos capazes de beneficiar a população necessitada. Isso é possível, desde que o trabalho seja feito com honestidade.