Garanhuns, 17 de julho de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Cacau denuncia propaganda irregular

O presidente do diretório do PTB no município, vereador José Carlos Santos, Cacau, denunciou ao juiz Márcio Bastos, no último dia 12, propaganda irregular feita pela coligação Construindo Garanhuns, formada pelo PMDB, PSDB, PP e PV. Segundo o parlamentar esses partidos, que têm como candidato a prefeito o comerciante Luiz Carlos Oliveira usaram um muro de uma empresa pública para abrir letreiro de propaganda política, o que não é permitido por lei.

A propaganda ilegal, conforme denunciou Cacau ao juiz, foi feita nos muros da antiga garagem da empresa Jotude, hoje pertencentes à Petrobrás, uma estatal ligada ao Governo Federal. "A Petrobrás é proprietária de cinco lotes do terreno onde foram abertos os letreiros", enfatizou o vereador, que pediu a Márcio Bastos providências em relação ao caso.

Juntamente com o ofício enviado ao juiz da propaganda eleitoral, Cacau anexou uma certidão (ver ao lado) do cartório de registro de imóveis, títulos e documentos do município, comprovando que a Petrobrás, com sede no Rio de Janeiro comprou o terreno da Jotude, conforme escritura pública de sete de novembro de 2003. A denúncia do vereador petebista foi a primeira deste teor, na presente campanha eleitoral.

PATRIMÔNIO - Ao mesmo tempo em que procura bombardear a candidatura de Luiz Carlos de Oliveira, apoiada pelo prefeito Silvino Andrade, o vereador José Carlos Santos demonstra preocupação em perder o processo que lhe foi movido pelo chefe do Executivo local, exigindo uma indenização por danos morais no valor de 500 salários mínimos, mais de R$ 100 mil.

Cacau disse que se a justiça der ganho de causa ao prefeito não terá outra solução que não a de se desfazer do prédio da Locarauto, na rua XV de Novembro, onde funciona a sua empresa de locação de automóveis. "O prefeito naturalmente tenta me intimidar. Mas mesmo que eu perca meu patrimônio continuarei a fiscalizar a sua administração e a fazer denúncias contra o que está errado no município e em relação ao seu candidato" , disparou o vereador.