Garanhuns, 17 de julho de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
DIVERSÃO
 

Driv3r

Driv3r chega para saciar a expectativa do público que o conheceu no play one e que inspirou tantos outros jogos do estilo. Agora com seu lançamento simultâneo no PS2, X-BOX e PC, todos nós poderemos curtir e ver se realmente valeu a espera.

O jogo continua com o mesmo tema, que é Tanner seguindo o encalço de um cartel internacional do crime, um clichê, mas que faz a alegria da galera. Esse terceiro game da série vem com um som estonteante, cenas dignas de Hollywood e um enredo muito acima dos jogos do gênero. As colisões são uma atração aparte, verdadeiramente soberba, numa virada pode-se ver o passageiro sair voando pelos ares, vidros se estilhaçando e partes do carro se espalhando. Um dos defeitos do jogo é quando se está a pé. Pode-se ter um pouco de dificuldade de locomoção e a ação não chega nem perto das perseguições motorizadas (lembrando que agora podemos pegar motos, lanchas, caminhões, etc...). Se gostas de ver um carro se espatifando corra para comprá-lo, se bem que nesta cidade de corno vai ser difícil achá-lo.