Garanhuns, 17 de julho de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
CIDADE
 

OS PONTOS ALTOS DO FIG

A abertura na quinta, com o vozeirão de Agnaldo e CIA e os fogos nos céus da Guadalajara;

Os shows de Simone e Ney Matogrosso;

As apresentações de música erudita na Catedral;

O maior espaço dado aos artistas locais este ano;

A volta do cinema a Garanhuns, ainda que provisoriamente;

O ótimo público que foi ver o "Fantástico Mistério da Feiurinha", num domingo pela manhã.

A oportunidade mais uma vez de tomar chocolate quente na praça, para espantar o frio;

O público seleto que prestigou outra vez a música instrumental no Pau Pombo, todos os dias;

A cobertura dada ao evento tanto pela imprensa local quanto pelos jonais do Recife, principalmente o JC;

O comportamento do público que prestigiou o FIG, que aconteceu pela 14º vez sem que fosse registrado nenhum acidente ou incidente sério.