Garanhuns, 3 de julho de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Mais de 50 mil pessoas nos festejos juninos de São João

Pelo sétimo ano consecutivo, os festejos juninos de São João, que comemoraram o padroeiro São João Batista, superaram todas as expectativas de público e animação. Durante os 5 dias de festa no arraia do forró, mais de 50 mil pessoas, muitas vindas de outros município, prestigiaram o evento, consagrando ainda mais a festividade.

A festa começou na zona rural com os festejos do Sítio Riacho, depois as quadrilhas juninas tomaram contas de outras comunidades, culminando com a festa da Escola João de Assis Moreno, que levou pais e cerca de três mil alunos para a Quadra Poliesportiva da escola, onde ocorreram belíssimas apresentações resgatando a cultura pernambucana.

Depois aconteceu a abertura do Arraia do Forró, da rua Augusto Peixoto, centro da cidade, que atraiu milhares de pessoas, começando no último dia 20, com o corte do Pé de Moleque Gigante, com 40 metros e quase 500 kilos e shows com o grupo Sertão Caatingoso e Mourinha do Forró.

No dia seguinte ao Pé de Moleque, a avenida Augusto Peixoto ficou pequena para o grande público que assistiu ao shows da Banda Perfil e o forrozeiro Assizão, que cantando muito forró, xote e baião, dominou a multidão que não parou de dançar até a madrugada.

No dia 22, foi a vez da Banda Alta Voltagem esquentar o clima junino do município. O ponto alto dos festejos aconteceu no dia 23, véspera de São João, depois da missa na Igreja Matriz, os Bacamarteiros fizeram uma apresentação a parte, digna de aplausos. Em seguida, um espetáculo pirotécnico abriu o show da Banda Os Selvagens, encerrado pelo cantor garanhuense Gláucio Costa, que usou um repertório variado até às 5 h da manhã.

Já no dia 24, dia do padroeiro São João Batista, as comemorações começaram cedo com a procissão e missa de encerramento da programação religiosa. À noite a Banda Baby Mel e Feitiço de Menina, provou porque em São João se faz o melhor forró da região.

Para o prefeito Antônio de Pádua, este último ano de governo, o festejo de São João está sendo fechado com chave de ouro, cujo empenho de toda sua equipe foi recompensado pelo grande público que prestigiou o "Arraia do Forró" nos 5 dias de festa, além do Pé de Moleque, que nos últimos anos vem se tornando um atrativo a mais do São João em São João.