Garanhuns, 3 de julho de 2004
  Início
  Colunas
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura / Diversão
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
ESPECIAL
 

Detran amplia sistema de provas eletrônicas no interior

Desde a última sexta-feira (02/07), o DETRAN-PE amplia o sistema de provas eletrônicas no interior do Estado, com a instalação do sistema na Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Caruaru, Município no Agreste, situado a 135km de Recife e maior responsável pela emissão de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH's) no interior do Estado (são 20 mil CNH's por ano contra sete mil documentos emitidos em Petrolina, por exemplo, segundo lugar em solicitações de documentos de habilitação no interior).


No local, cinco computadores foram instalados em biombos individuais para a realização dos testes on line para os candidatos à primeira habilitação. A realização dos testes eletrônicos em Caruaru, entretanto, ainda não é obrigatória. Os candidatos de Caruaru terão 30 dias para se acostumar ao novo procedimento., mas, a partir do dia 01 de agosto todas os testes de avaliação teóricos serão realizados exclusivamente através de sistema eletrônico. Com a medida, Caruaru será o segundo município do interior a contar com o sistema dos testes on line, já implantados em Palmares em março deste ano.

A realização de provas eletrônicas faz parte do projeto DETRAN Amigo do Usuário, um conjunto de medidas de informatização e descentralização de serviços que visa oferecer maior conforto e praticidade para os clientes. Além de rápido e eficaz, o procedimento garante uma maior comodidade para os candidatos, uma vez que a correção da prova eletrônica é automática e o aluno é imediatamente informado sobre o resultado obtido no teste.

Captura Digital - Todas as 17 Ciretrans do interior que emitem documentos de habilitação já contam com estações de captura digital. O sistema é composto por duas estações: captura e de validação. A primeira é responsável pela captura de foto, impressões digitais e assinatura e, na estação de validação, o atendente terá disponível as assinaturas, impressão e fotografias digitais. Desta forma, torna-se impossível fraudar o sistema ou outra pessoa tentar fazer a prova pelo real candidato. A previsão do órgão é que, até agosto, todas estas unidades já ofereçam o sistema de provas eletrônicas aos candidatos à primeira habilitação.