Garanhuns, 19 de junho de 2004
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

Garanhuns só tem jegue


Prezado Lula,

Confesso que lamentei profundamente a expressão pronunciada por V. Exa. nas festividades caipiras da Granja do Torto: "Garanhuns só tem jegue". Acredito que todo o povo de Garanhuns ficou triste, pois seu filho mais ilustre trata sua terra desta forma. Sabemos que pode ter sido força de expressão, mas dita por V. Exa. a repercussão negativa é muito grande. Não nasci aqui, mas resido em Garanhuns há 30 anos, adoro sua terra e agora ainda mais que me concederam o título honorifico de cidadão de Garanhuns.

V. Exa. tem esquecido daqui, nestes quase dois anos de governo .Não fez nada pelo torrão onde nasceu. A estrada que liga Garanhuns a Caetés é uma buraqueira que faz dó. O povo de Caetés é uma pobreza que faz pena, e por ai vai.

Desculpe ter que fazer este registro, mas como ex-dirigente sindical, como já tive a oportunidade de participar de varias reuniões com V. Exa. no tempo de nossa militância e na fundação do PT. Esperei todos estes anos, na esperança de que com V. Exa. no governo os trabalhadores poderiam ter dias melhores, mas infelizmente estou perdendo a esperança. Mas como diz a sabedoria popular: "A esperança é ultima que morre". Pode ser que as coisas mudem.


Email enviado ao presidente da República por José Sales da Silva (Criança), ex-Dirigente Sindical em Garanhuns. Este texto foi lido originalmente no Jornal da Sete 1ª Edição.