Garanhuns, 05 de junho de 2004
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Especial
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Médico é sequestrado em Garanhuns

Núbia Kênia


O médico cirurgião Hermes Ferraz foi sequestrado no último domingo, dia 30, quando saia de sua propriedade, nas proximidades do Santuário da Mãe Rainha, na estrada que liga Garanhuns ao povoado de Freixeiras, pertencente a São João.

Segundo relatou a seus amigos da Casa de Saúde Santa Terezinha, o qual é diretor, ele (vítima) estava na fazenda, onde cria cavalos, e foi abordado por 5 ou 6 homens quando se dirigia para o veículo para retornar a sua residência no bairro de Heliópolis, em Garanhuns.

No momento da investida, o bando se dividiu em dois, sendo que um deles acompanhou a vítima em seu veículo, o levando para para sacar dinheiro em uma agência bancária de Garanhuns, cujo valor e nome da agência não foram revelados. "Eles diziam a todo instante que iriam me matar", relatou Dr Hermes.

Logo após, a quadrilha pegou todos os pertences do cirurgião, como celular, documentos e talão de cheques, o colocou dentro da mala do carro e o abandonaram em um lugar ermo.


Depois de aproximadamente 12 horas pedindo ajuda dentro do porta malas, o médico foi socorrido por uma pessoa que passava no local. "Estou muito traumatizado. Nunca pensei em passar por isso, principalmente numa cidade tranquila como Garanhuns", definiu a vitíma.

O caso foi registrado na DP Regional de Garanhuns, e possivelmente srá insvestigado pelo Grupo de Operações Especiais (GOE).