Garanhuns, 08 de maio de 2004
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Mais de 40 crianças sofreram violência em Garanhuns

Núbia Kênia


Nos últimos 30 dias, o Conselho Tutelar de Garanhuns registrou 28 abuso sexual, 5 estupros, 18 casos de sedução, e 41 casos de violência contra a criança no município, sendo que das ocorrências de violência, tivemos 33 casos de violência física, 2 agressões por objeto contundente, 2 crianças torturadas, e 4 outros tipos de violência. Desse total, 10% das vitimas tem 14 anos de idade e 2 menos de 1 ano. A inadequação do convívio familiar, com dependentes de drogas, substância química por álcool é um dos principais causas da violência.

Um desses casos aconteceu no último dia 27, por volta das 21 horas, e chocou a população da cidade. A vítima foi o menino J.C.B.S, de apenas 3 meses, que foi atingido na cabeça com um soco que provocou afundamento de crânio. O acusado pela agressão é o próprio pai da criança, o garçom Carlos Eduardo Barbosa Batista, 27 anos, que estava foragido, mas está semana se apresentou espontaneamente a polícia.

De acordo com o delegado Aldo Pereira, titular da 1ª DP de Garanhuns, o acusado disse em seu depoimento que estava separado de sua esposa, a dona de casa Franckneide Batista, mas que a mesma vivia atormentando-o. No dia do incidente, ele estava embriagado e foi procurá-la, quando chegou na residência começou uma discursão seguida de agressão com socos e ponta- pé, foi quando Franckneide jogou a criança como forma de se defender. Entretanto, segundo apurou o Conselho Tutelar, o pai começou a bater na ex-esposa, que estava com a criança nos braços quando foi atingida.

O bêbe foi socorrido ao Hospital Regional Dom Moura, e removida ao Hospital da Restauração, em Recife, devida a gravidade do ferimento, onde se encontra em estado grave, correndo risco de morte. "Só poderei concluir o inquérito quando ouvir a mãe da criança, que está no Hospital acompanhando o filho", explicou o delegado. O acusado responderá ao crime de tentativa de homicídio, Art 121 do Código Penal.

Outra vítima de violência em Garanhuns, foi a menor V.A.S, 15 anos, que foi subitamente raptada, juntamente com Alessandra Ferreira Silva, 23 anos. O suposto seqüestro aconteceu no último dia 28, por volta das 14h, quando as vítimas foram abordadas por 4 homens na BR 424, próximo ao bairro da Boa Vista. Os acusados forçaram as jovens a entrar em um veículo, cujos dados não foram informados, e em seguida fizeram com que elas (vítimas) tomassem uma substância, que as deixou dopadas. Dois dias depois, as jovens foram abandonadas próximo a fábrica da Parmalat, na av. Bom Pastor, Boa Vista. O caso está sendo apurado pela equipe da 1ª DP de Garanhuns, chefiados pelo delegado Aldo Pereira. "Estamos trabalhando com a hipótese de rapto, mais não descartamos outra modalidade criminosa", revela. As vítimas prestaram novo depoimento anteontem, dia 06.
ASSASSINATO - No último dia 1º de maio, os agricultores José Ailson Ferreira, 28 anos, e Almir José Bezerra, 20 anos, ambos residentes em Capoeiras, foram assassinados com golpes de faca peixeira. O crime aconteceu no Sítio Baixa dos Caibros, município de Jucati. No local onde os corpos foram encontrados foi encontrada uma moto CG 125, cor vermelha, de Placa KLZ 9857-PE, provavelmente pertencente as vítimas. O duplo homicídio está sendo investigado pela delegacia de Jucati, que ainda não tem nenhuma pista do possível assassino(s).