Garanhuns, 28 de fevereiro de 2004
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

O Brasil quase ganha 10!

Pedro Jorge


Nesse Mundo de Deus existem entidades especializada em registrar eventos e destaques os mais diversos. Curiosamente tem quem financie estes tipos de Organizações.

Em Londres desde 1993, existe uma Organização Transparência Internacional (TI), fundada por um antigo diretor do Banco Mundial , que se especializou em divulgar anualmente a relação dos Países, segundo o seu "Nível de Corrução". A Classificação vai de zero a dez e analisa a situação de 133 Países do Mundo. A é séria pois serve para que os investidores possam decidir onde colocar os seus investimentos, e em contra partida orientar aos " traquinos " os locais seguros para a lavagem de dinheiro e esconder os frutos dos roubos e desvios.

No meu tempo, as notas dos Boletins Estudantis, também iam de zero a dez (10), e quem tirasse a nota cinco (5) , ficava para dependência. Os Institutos de Pesquisas, inventaram que a nota cinco (5), é classificada como Regular e somam com o Ótimo (10 e 9 ) e o Bom ( 8 a 6), Por isso é que tudo que é Político tem seu nome aprovado. Corria uma história que um Professor da Faculdade de Medicina, tinha a sua classificação: Dez (10 ) só para Deus; Nove ( 9) , para ele ; Oito ( 8) , para o Assistente; sete (7) , para o aluno que acertar toda a prova ; os restantes, estudem para vencer a barreira do Cinco (5), caso contrário adeus férias.

Retornando a Organização Transparência Internacional e analisando o Relatório do Ano 2003 , onde o Brasil é elogiado pelos esforços feitos para acabar com os desmandos, mas que não conseguiu evitar o crescimento do Índice de Percepção de Corrupção, passando do 45º lugar para 54º. Quase que consegue um Dez ( 10), ficou raspando num bonito Nove ( 9).

O Campeão da honestidade é a Finlândia com nota 9,7 ; seguida da Islândia, Dinamarca , Nova Zelândia, Singapura e Suécia , todas com nota acima de 9. A Suíça tida com exemplo de civilização ficou em 10º lugar com nota 8,8. Os Estados Unidos berço da Democracia do Mundo Moderno, está colocado no 18º com nota 7,5. A Itália apesar de ser vizinha do Vaticano, passou pelo pau do canto com nota 5,3 , ocupando o 35º lugar.

Na América além do EUA, entrou o Uruguai com nota 5,5 e 33º lugar. O destaque ficou para o Chile, que brilhou com uma nota 7,5 e 20º lugar. A turma da "direita" atribui aos sistema do General Augusto Pinochet , que baixou um pau lorde no tempo da Ditadura. Por falar em Ditadura, não achei o nome de Cuba, na relação; talvez o Dr. Peter Eingen , Presidente da TI , não tenha conseguido um informante de confiança. Como a Rússia deixou de financiar a "Ilha da Liberdade" é possível que as coisas não andem tão bem. Os exemplos de seus vizinhos é o pior possível: Bolívia e Honduras estão no 106º com 2,3 ; Guatemala e Venezuela com 2,4 e Haiti com 1,3 ocupando a lanterna. A China onde ladrão é fuzilado e a família tem de paga a bala, ainda não conseguiu ser um exemplo para o Comunismo, está com um pálido 3,4, e 65º lugar. Na virada para o Neo Capitalismo a situação talvez venha a piorar.

E o Brasil como está acompanhado, com 3,9 pontos , perdemos para o Uruguai com 5,5; mas ganhamos para o México e Polônia, que nem o Lech Walesa , primeiro sindicalista que assumiu a um Governo, conseguiu levantar a nota da Pátria do Cardeal Karol Wojtyla , Papa João Paulo II.

Todo mundo sabe que nosso vizinho Paraguai, não teria uma nota boa, pois os nossos "irmanos" adoram vender mercadorias falsificadas. E provocar dor de cabeça nos consumidores dos uísques importados, vindo do Cone Sul. A nota dos Guaranis é a mais baixa das América : 1,6 pontos, a frente apenas Banglash e pela Nigéria, com uma População de 12 milhões de habitante, tem na Assembléia , 306 Deputados e 106 Senadores ( Já pensou o rasga para levar vantagem ? )

Nossa grande vitória é quando confrontamos com a Argentina, que apesar de nos chamar de macaquitos, metem a mão na cumbuca sem pena, e tiraram a nota 2,5, emparelhados com a Albânia, Etiópia, Gâmbia, Paquistão, Tanzânia, Filipinas e Zâmbia, onde tem negros e mestiços para mais de umas horas.

Nossa vingança é que a Argentina, tirou o Brasil das Olimpíada, mas estamos na sua frente, quando somos menos corruptos. Com os escândalos atuais, será que vamos cair nos índices?

Quando estava escrevendo este artigo, o Xerife Eriberto, me perguntou se era muito caro para se criar uma Organização de Transparência, a nível Estadual e Municipal, como eu não respondi, ele esqueceu e saiu para fiscalizar os Bancos Oficiais da região.