Garanhuns, 07 de fevereiro de 2004
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Tragédia abala Garanhuns

Um acidente ocorrido no último dia 23 de janeiro, entre Recife e Abreu e Lima, causou a morte de Amélia Maria, professora e secretária do Colégio Monsenhor Adelmar e da jovem estudante Renata Tavares, que estava concluindo o curso de Direito em João pessoa, na Paraíba. A primeira era esposa de Gilson Freitas, conhecido por todos na cidade e diretor da Infohouse, empresa pioneira em Garanhuns na área de informática. A segunda era filha da professora Elenita Bezerra, atual diretora do Colégio Simoa Gomes. A morte das duas mulheres, uma com 38 e outra com 22 anos, abalou a cidade e o sepultamento das duas foi acompanhado por uma multidão, com muitas pessoas não conseguindo conter a emoção.

Gilson e Elenita, que saíram feridos do acidente e se encontram hospitalizados, não puderam estar em Garanhuns para acompanhar o enterro da esposa e da filha. No dia seguinte ao acidente que vitimou os dois garanhuenses, morreu, numa batida entre um gol e uma D-20, o empresário José Mario Teixeira, filho de Adalberto Teixeira e irmão de Adalberto Filho, o Betinho, os dois ex-prefeitos de Jupi. Nas fotos a baixo, Amélia e Renata.