Garanhuns, 24 de janeiro de 2004
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
GERAL
 

Padre Ivo promove avanços em Jupi

Quando recebeu a prefeitura de Jupi, em 2002, padre Ivo Francisco encontrou um município arrasado. Durante muitos anos a cidade tinha sido governada como se fosse uma propriedade particular, o clientelismo predominava e o mau uso do dinheiro público prejudicava a população, principalmente a mais carente. Em apenas três anos, o sacerdote-prefeito mudou radicalmente a realidade de Jupi, pouco mais de 12 mil habitantes, localizada a apenas 22 km de Garanhuns.

Primeiro padre Ivo organizou as finanças públicas, colocou o pagamento dos funcionários e fornecedores em dia, equipou as secretarias, investiu pesado na saúde e educação. O Governo da Solidariedade, como foi batizada a administração do religioso, pôde desde o início ser diferenciada da dos seus antecessores pela seriedade, pelo diálogo e pela honestidade no trato da coisa pública.

Ao contrariar interesses o prefeito perdeu aliados, pessoas que desejavam usufruir o dinheiro público, mas em compensação pôde fazer mais pela população como um todo. Assim, todos os prédios públicos foram recuperados, foram comprados carros novos para a saúde e educação, o município investiu no lazer, nos esportes e nas tradições culturais do seu povo.

Já na eleição de 2002, a população de Jupi disse um sim à gestão de padre Ivo Francisco, quando deu uma vitória expressiva aos seus candidatos à Assembléia Legislativa e Câmara Federal. No final do ano passado o Instituto Brasileiro de Apoio aos Municípios, IBRAM, que avalia regularmente o trabalho nas prefeituras de todo o Brasil, reconheceu o trabalho feito por Pe. Ivo, concedendo-lhe o prêmio de destaque administrativo de 203 em nossa região.

Nos textos e nas fotos desta página, a Prefeitura de Jupi mostra uma parte do trabalho realizado no município, nesses três anos, certo de que será possível ainda fazer muito mais pelo povo com o Governo da Solidariedade.

 

Finanças em dia

Mesmo com a crise econômica, que provocou atraso no pagamento de 90% das prefeituras do Estado, padre Ivo concluiu o ano de 2003 sem débito algum com os servidores ou fornecedores. Em Jupi o sálario mensal de dezembro e o décimo terceiro foram pagos em dia. Além do mais, o prefeito fez a grande festa do Reveillon! A Banda Forró Maior de Fortaleza (CE), proporcionou a explosão da juventude e a alegria tomou conta do povo em geral.


Chafariz

Preocupado com a situação dos moradores de todas as localidades, o Governo de Jupi vem construindo chafarizes em varios pontos da zona urbana e rural. Já foram inaugurados os chafarizes do Bairro Alto do Santo, da Cohab, da Caixa d'agua, do Peri-peri, na zona urbana, e do Batité, na zona rural. O do Barro Vermelho será entregue à população neste sábado, dia 24, comprovando o compromisso de solidariedade com o povo.


Mudança na Educação

A Secretaria Municipal de Educação, coordenada e supervisionada pela professora Regina Celi de Melo André, vem transformando com o apoio do Pe. Ivo a Educação em Jupi. Mudando totalmente o quadro educacional do município, recebendo elogios não só da população, mas também de orgãos técnicos da área, que observam os altos índices de aprovação da educação em Jupi.

Em recente pesquisa feita no município ficou constatado que os índices positivos conquistados em Jupi, na área educacional, foram superiores à média do Estado de Pernambuco, apresentou dados estimuladores para os nós. "São dados estimuladores", declara a secretária Regina Celi, satisfeita porque no município a aprovação ao trabalho desenvolvido no campo do ensino chega a 80%. "O povo reconhece e valoriza o que tem", completa a professora.

A meta do Governo da Solidariedade, em 2004, é avançar mais em vários setores. Com o programa de Jovens e Adultos, a secretaria quer atingir mil e.200 alunos. No último dia 19 de janeiro, padre Ivo lançou o programa "Brasil Alfabetizado", com 10 turmas de alfabetização de adultos. "Nossa meta está centrada em não termos mais em Jupi nenhum analfabeto fora da escola", disse na ocasião o prefeito. O lançamento aconteceu num clima de festa, quando o prefeito foi aplaudido pela multidão presente. Ao olhar para uma pessoa de idade que participou do evento, padre Ivo ressaltou que "nunca é tarde para aprender". No final, a quadrilha estilizada da comunidade Santa Rita fez uma grande apresentação em frente a escola do Peti.

AMPLIAÇÃO - A Escola Napoleão Teixeira, na zona urbana de Jupi, ampliou significativamente o número de alunos nos últimos anos. Hoje são quase três mil estudantes nos ensinos fundamental e médio. Dirigido pelo professor Valdemir Almeida, o educandário tem proporcionado aos professores e técnicos em educação um trabalho permanente de capacitação.

No povoado Colônia, fica a escola Professor Fausto Cordeiro, na qual Pe. Ivo também tem se preocupado também investir. Atualmente o estabelecimento de ensino tem mais de 500 alunos matriculados no ensino fundamental, estando à frente da instituição o professor Antônio Pedro da Silva.

Já a escola infantil Oscar Salgueiro, uma das poucas escolas públicas da região para os menores, tem recebido especial atenção da secretaria e do prefeito do município. Enfim, a Creche Santa Marta Cavalcante, com 200 crianças, tem sido valiosa na formação do futuro dos homens e mulheres de Jupi. Na creche trabalham não apenas professores ou recreadores, mas funcionários que se transformam em mães, garantindo assim uma formação para a família de cada menino ou menina.


Pioneirismo na Saúde

A Prefeitura Municipal de Jupi foi a pioneira, no Agreste Meridional, na inauguração de um Centro de Zoonose, para o combate a raiva animal. Foi dada assim, uma grande margem de seguranca à população, que tem nessa doença um perigo constante. Com esse investimento a secretaria de Saúde espera erradicar de vez a raiva e outras doenças transmitidas por animais.

PSF - O Governo de Pe. Ivo vem investindo também na implantação de equipes do PROGRAMA SAUDE NA FAMILIA, os PSF, que consistem em levar o medico e o dentista as áreas mais carentes do município. Recentemente a administração municipal, depois de muita luta, fez funcionar mais duas equipes, atingindo permanentemente as regiões do Catonho e da Colônia, totalizando agora tres equipes em plena atividade.

A meta é em breve implantar mais equipes para chegar a todo município. E nos próximos dias teremos a inauguração da ampliação dos Postos de Saúde das comunidades do Catonho e Colônia, para com isso melhorar ainda mais a estrutura de atendimento daquelas localidades.

PREVENÇÃO - A Secretaria de Saúde do municipio vem investindo constantemente em campanhas educativas e preventivas visando a melhoria de qualidade de vida da população. São campanhas de anti-tabagismo, contra a dengue, anti-cataratas, de câncer de mama, de colo de útero, bem como a de combate e prevenção de cáries. Esse trabalho tomou corpo e ganhou às ruas e hoje faz parte do cotidiano das pessoas, transformando assim a cada dia sua maneira de ser e de viver.

UNIDADE MISTA - Jupi hoje pode se orgulhar da estrutura hospitalar implantada no municipio, mais precisamente na Unidade Claudina Teixeira, atualmente uma das melhores e mais eficientes do Agreste Meridional. o Centro de Saúde recebeu investimentos e equipamentos visando a modernização do sistema de saúde público e hoje o hospital local serve a moradores de diversas outras cidades da região. A unidade conta com médicos especializados nas mais diversas áreas, merecendo destaque a presença de plantonistas 24 horas, fato raro em diversos munnicípios do Agreste.

FARMÁCIA - Um dos trabalhos mais eficazes desta administração foi a reabertura e a reestruturação da farmácia pública municipal. A farmácia, que não tinha a mínima estrutura para cobrir a demanda do municipio, foi totalmente recuperada e reestruturada recebendo medicamentos diversos e colocando à disposição da população carente medicamentos necessários para a manutenção da saúde.


Investimento em infraestrutura

No dia 21 de outubro de 2003 padre Ivo decretou situação de emergência em todo o município. Era o início das atividades para redução do sofrimento na zona urbana e rural. O Prefeito Padre determinou a contratação de seis caminhões pipa para transportar água aos habitantes de diversas áreas de Jupi.

Para amenizar o sofrimento da população, a administração Pe. Ivo, investiu em quatro barragens de grande porte. Agora estas barragens estão cheias , são uma verdadeira "festa para os olhos da comunidade", representando a alegria de muitos que dá há muito esperavam uma chance de viver com dignidade.

Além disso a prefeitura fez o sistema de abastecimento d'água para o Povoado Colônia, levando água de uma distancia de nove quilômetros. e demonstrando respeito e atenção aquele povo, que tinha apenas água salobra para as suas necessidades básicas. A obra com certeza proporcionou aos moradores do lugar mais qualidade de vida e dignidade.