Garanhuns, 27 de dezembro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Lideranças apóiam Alexandre

Lideranças estaduais e nacionais do PT estão prontas para reforçar a campanha do promotor Alexandre Bezerra, pré-candidato do Partido dos Trabalhadores à prefeitura de Garanhuns. O ministro Humberto Costa, o prefeito do Recife, João Paulo, os deputados federais Fernando Ferro, Paulo Rubem e Maurício Rands estão entre os líderes petistas que vêem com simpatia as pretensões políticas de Dr. Alexandre.

Mesmo fora do PT o promotor tem obtido apoios importantes, como do deputado estadual Soldado Moisés, o suplente de deputado federal capitão Feitosa e o ex-vice-governador do Estado, Roberto Fontes. "No Recife e em Brasília, quando se fala que o partido tem candidato à prefeitura na terra do presidente a satisfação é imensa", declara o presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores, Méviton Araújo.

Alexandre Bezerra se licenciou da promotoria pública para se dedicar em tempo integral a sua campanha e tem procurado articular uma série de apoios locais a sua pré-candidatura. O PT já tem 26 nomes para disputar a Câmara de Vereadores e tenta fechar uma aliança com agremiações de esquerda e de centro como o PV, o PHS, o PL, o PSB e o PC do B.

"Temos de formar uma frente ampla para levar a nossa proposta aos quatro cantos de Garanhuns. Uma proposta de mudança radical, que implique em levar a administração pública a todos os cidadãos", afirma o promotor.

No final do ano, Alexandre esteve presente em todos os atos públicos e confraternizações promovidas na cidade, em alguns casos até colaborando com os organizadores, como aconteceu na campanha Natal Solidário, desencandeada na Escola Simoa Gomes, na Cohab II. Ele ajudou na doação das camisas aos estudantes da escola e participou pessoalmente da entrega das 96 cestas básicas à população mais carante do bairro Francisco Figueira.

Em janeiro de 2004, o PT de Garanhuns irá iniciar uma série de seminários populares pelos bairros da cidade, com discussão dos principais problemas que afetam os moradores do município. Serão discutidas as principais questões das áreas de saúde, educação, justiça, segurança pública e agricultura, de modo que seja feito uma programa de governo o mais amplo possível.