Garanhuns, 29 de novembro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
POLÍTICA
 

Márcio e Bartolomeu disputam apoio de Armando

Esta semana o vice-prefeito do município, Márcio Quirino, filiado ao PDT, surpreendeu vereadores, líderes do PTB e boa parte dos moradores da cidade ao declarar que espera ter o apoio do deputado federal Armando Monteiro como candidato à prefeitura de Garanhuns. O argumento de Márcio é singelo: o vice tem esperança de ter o presidente da Confederação Nacinal da Indústria (CNI)I ao seu lado por ter votado nele na eleição do ano passado.

Indiretamente, com suas declarações no Jornal Marano, Márcio Quirino atinge o ex-prefeito Bartolomeu Quidute, PTB, que embora tenha votado em Izaías Régis, em 2002, apoiou como candidato à Câmara Federal o ex-deputado Carlos Batata, do PSDB. No dia seguinte à entrevista do vice, vereadores do Partido Trabalhista, ligados a Izaías Régis, reafirmaram que o nome preferencial do grupo é mesmo Bartolomeu. O ex-prefeito, comedido, não quis se pronunciar, embora tenha confidenciado ao repórter Tiago Correia que "o vice colocou Armando em cheque". Em cima dessa polêmica, há quem defenda o nome de Izaías como candidato a prefeito, "porque seria mais forte e conseguiria unir todo mundo".