Garanhuns, 29 de novembro de 2003
  Início
  Opinião
  Política
  Cidade
  Geral
  Cultura
  Sociedade
  Ed. Anteriores
  Expediente
 
OPINIÃO
 

CORREIO ELETRÔNICO


Leitor distante

Prezado Roberto Almeida,

Graças à generosidade do amigo comum Ivo Amaral, venho recebendo, há cerca de dois anos, o Jornal Correio Sete Colinas tão inteligentemente dirigido por você.

Apesar da grande alegria e satisfação que se renova com a leitura de cada número, tenho, talvez por timidez, me mantido em silêncio. Agora todavia resolvi me manifestar.

O Sete Colinas tem me permitido , embora fisicamente distante, um contato permanente, de forma efetiva com tudo que se passa na terra de Simoa Gomes e nas cidades vizinhas, com as quais tenho ligações profissionais e afetivas.

Agora mesmo, com a leitura do número 107, fiquei emocionado com a crônica da Professora Ademilza Monteiro. Com todo realismo de esposa e sensibilidade de mulher, traduziu a perda do esposo e figura humana extraordinária que foi o ex- prefeito José Josy Duarte.

Ousaria dispor desse espaço para me solidarizar com toda família de Josy e da Professora Ademilza, com quem tive a alegria de trabalhar no Colégio Jandira Pedrosa, em Lagoa do Ouro.

Seu Jornal a cada edição aborda temas que me deixa desejoso de ainda estar em Garanhuns para participar integralmente dos debates, como fiz de corpo e alma durante os 18 anos que morei nessa cidade encantadora.
Parabenizo você pelo trabalho que realiza.

Abraços,
Evanderly



Crítica a Bartolomeu

Caro Redator,

Na coluna de Pedro Jorge Valença, do dia 25 de Outubro de 2003, pode-se ler: "Bartolomeu, criou Postos de Saúde, saneamentos, calçamento em ruas e logradouros , reformou o Parque Euclides Dourados, mas é lembrado pela construção das Praças".

Contudo, acima de tudo como leitor deste popular jornal, não posso concordar com esses equívocos. Primeiro, Bartolomeu só criou 2 (dois) postos de saúde. Silvino fez 20 (Vinte).

Segundo, que saneamento Bartolomeu fez? Silvino e Jarbas fizeram o Indiano e a Cohab I inteiramente. Além de dezenas de ruas que foram calçadas e saneadas em toda a cidade. Terceiro, quais as ruas calçadas por Bartolomeu? Acho que dá para contar em uma só mão.

Quarto, esse é o pior de todos. Bartolomeu não fez nenhuma reforma no Euclides Dourado. Encomendou as grades e não pagou a conta. No entanto, Silvino derrubou o muro, pagou as grades, e mandou colocá-las no lugar que estão hoje, fez a pista de caminhada, fez o parque de diversões infantil, fez a iluminação e, ainda, plantou centenas de árvores que hoje devem estar com 3 metros de altura.

Quinto, os oposicionistas do prefeito Silvino afirmam que este só fez praça. Em parte, falam a verdade, pois além de ter mudado totalmente esta cidade, Silvino também fez praças (Esplanada Cultural Guadalajara, Praça da Bíblia, Praça na Boa Vista, etc.) Sabe-se que é difícil controlar todos os detalhes na edição de um jornal, porém, os detalhes acima enumerados são gritantes e não podem passar despercebidos.

Sou filho de Garanhuns, tenho orgulho dessa terra e esse equívoco deve ser corrigido na próxima edição, sob a pena de se prejudicar a boa informação e a credibilidade que este jornal possui, além distorcer a história política e poder levar Garanhuns e sua população para um caminho obscuro, que, com certeza, não desejamos retornar.

Grato e aguardando resposta.
Silvio / Heliópolis